Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5523
Title: CARACTERIZAÇÃO DA POLUIÇÃO POR RESÍDUOS SÓLIDOS EM PRAIAS TURÍSTICAS DO RIO GRANDE DO NORTE
Authors: Lopes, Camila Cristina Cabral
Keywords: resíduos sólidos; lixo marinho; gestão costeira.
Issue Date: 9-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: AMBIENTE, Ministério do Meio et al. Relatório Final da reunião OEMAS e SPU dos 5 estados sedes de Copa do Mundo/2014 e a Baixada Santista para o fortalecimento das Comissões Técnicas Estaduais. Brasília: Ministério do Meio Ambiente – MMA, 2011. ARAUJO, M. C. B. de, et al. Lixo em praias de natal (RN): identificação e análise das principais fontes. In: Congresso latino-americano de ciências do mar – XIV COLACMAR, 2011. ARAÚJO, M. C. B.. Praia da Boa Viagem, Recife-PE: análise socioambiental e propostas de ordenamento. Tese (Doutorado). Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Pernambuco, Brasil, 2008. ARAÚJO, M. C. B.; Costa, M. F. 2007. An analysis of the riverine contribution to the solid wastes contamination of an isolated beach at the Brazilian Northeast. Management of Environmental Quality: An International Journal, 18 (1) 6-12. ARAÚJO, M.C.B., Costa, M., 2006. The significance of solid wastes with land-based sources for a tourist beach: Pernambuco, Brazil. Pan-American Journal of Aquatic Sciences 1 (1), 28–34. ARIZA, E.; Jiménez, J. A. Sardá, R. 2008. Seasonal evolution of beach waste and litter during the bathing season on the Catalan coast. Waste Management, 28: 2604–2613. AZEVEDO, D. A. A. de. Praias turísticas do Rio Grande do Norte (Jenipabu, Ponta Negra, Pirangi): Avaliação da percepção dos usuários e caracterização do uso. Monografia de graduação. Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. p. 24, 2014. BARBOZA, T. Ingestion of plastic found among small ocean fish. Los Angeles Times, Los Angeles, 11 Mar. 2011. Disponível em: . Acesso em: 02/08/2017 BARNES, D. K. A. Invasion by marine life on plastic debris. Nature, v. 416, p. 808-809, 2002. BECHERUCCI, M. E.; Rosenthal, A.F.; Pon, J. P. S.2017. Marine debris in beaches of the Southwestern Atlantic: An assessment of their abundance and mass at different spatial scales in northern coastal Argentina. Marine Pollution Bulletin, 119: 299–306 BEVILACQUA, Ana Helena Varella. Análises da influência do lixo marinho em uma comunidade tradicional caiçara, Ilha do Cardoso - SP. 2011. 79 f. TCC (Graduação) - Curso de Gestão Ambiental, Centro UniversitÁrio Senac, São Paulo, 2011. CHAVES, M. S.; LIMA, Z. M. C.; TAVARES, F. M. F.; e LIMA, F. J. M. Análise preliminar da paisagem costeira do litoral do estado do Rio Grande do Norte, NE do Brasil. Revista GEONORTE, Edição Especial, Vol.1, N.4, p.432 – 440, 2012. CORBIN, C.J., Singh, J.G., 1993. Marine debris contamination of beaches in St-Lucia and Dominica. Mar. Pollut. Bull. 26, 325–328. COSTA, M. F. et. al. On the importance of size of plastic fragments and pellets on the strandline: a snapshot of a Brazilian beach. Environmental Monitoring and Assessment , v. 168, p. 299-304, 2010. COSTA, Monica Ferreira da et al. Poluição Marinha: Principais Aspectos. Recife: Biblioteca Valdicea Alves, Crb-4/1260, 2015. 54 p. DIAS, Gilka da Mata. PRAIAS URBANAS E RACIONALIDADE AMBIENTAL: AVALIAÇÃO DA GESTÃO, DAS INTERVENÇÕES URBANÍSTICAS E DOS USOS NA PRAIA DE PONTA NEGRA. 2015. 128 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Políticas Públicas, Ufrn, Natal, 2015. G1 NOTÍCIAS. Lixo zero chega às ruas e à praia de copacabana nesta terça-feira. Disponível em: <http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2013/09/lixo-zero-chega-ruas-e-praia-de-copacabana-nesta-terca-feira.html>. Acesso em: 21 mar. 2017. HAYNES, S., Stricler, D.V., Wilson, S.A., 1999. Study of the Environment Degradation of Cigarette Filters: Stimulation of the Roadside or Parking Lot Environment. Eastman Chemical; Bates No. 2053814736/4740. http://legacy.library.ucsf.edu/tid/oro93a00/ (acessado em 24.08.17). MACEDO, G.R., Pires, T.T., Rostan, G., Golderberg, D.W., Leal, C.D., Américo, F.G.N., Franke, C.R., 2011. Ingestão de resíduos antropogênicos por tartarugas marinhas no litoral norte do estado da Bahia, Brasil Anthropogenic debris ingestion by sea turtles in the northern coast of Bahia, Brazil. Ciência Rural, 41:1938–1943. MARQUES, R. Impactos ambientais da disposição de resíduos sólidos urbanos no solo e na água superficial em três municípios de Minas Gerais. 2011. 96 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas) – Universidade Federal de Lavras, Minas Gerais, Lavras. 2011. MATSUOKA, T.; NAKASHIMA, T.; NAGASAWA, N. A review of ghost fishing: scientific approaches to evaluation and solutions. Fisheries Science, v. 71, p. 691-702, 2005. MMA, Ministério do Meio Ambiente -. Projeto Orla. 2017. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/gestao-territorial/gerenciamento-costeiro/projeto-orla>. Acesso em: 29 set. 2017. NASH, A.D. Impacts of marine debris on subsistence fishermen: An exploratory study. Marine Pollution Bulletin, v.24 , n. 3, p.150-156, 1992. OLIVEIRA, A. L. Resíduos sólidos e processos sedimentares na praia de Massaguaçú, Caraguatatuba - São Paulo. Monografia (Bacharelado em Oceanografia). Instituto Oceanográfico, Universidade de São Paulo. 50 f. 2008. PASTERNAK, G.; Zviely, D.; Ribic, C. A.; Ariel, A.; Spanier, E. 2017. Sources, composition and spatial distribution of marine debris along the Mediterranean coast of Israel. Marine Pollution Bulletin, 114:1036–1045. PEREIRA. F. Microplástico no ambiente marinho: Mapeamento de fontes. E identificação de mecanismos de gestão para minimização da perda de pellets plásticos. 2014. 146 f. Dissertação (Mestrado em Ciências, área de oceanografia) – Universidade de São Paulo, São Paulo. 2014. PIPA AVENTURA. Reciclar: a transformação do lixo em arte!. Disponível em: <http://www.pipaaventura.com.br/reciclarearte/>. Acesso em: 22 mar. 2017. PULS, J.; Wilson, S. A.; Holter, D. 2011. Degradation of Cellulose Acetate-Based Materials: A Review Journal of Polymers and the Environment, 19:152–165. Revista geotemas, Pau dos ferros - rn, v. 3, n. 2, p. 19, jul./dez. 2013. RODRIGUES, A. B. Turismo e Espaço: Rumo a um conhecimento transdisciplinar. 2ª Ed. São Paulo, 1999. SEBRAE/RN - PRODER - Diagnóstico e Plano Estratégico de desenvolvimento do Município de Touros/RN. 1999, 71p. SILVA, A. A.; SOARES, I. A.; LOPES, R. M.. Desafios ambientais para uso sustentável da área de proteção ambiental dos recifes de corais. In: SEMINÁRIO NACIONAL O PAPEL DO GEÓGRAFO NO CONTEXTO SOCIAL ATUAL, 3., 2012, Natal. Anais... Natal, DGE, 2012, p. 457. SILVA, J. S.; Leal, M. M. V.; Araújo, M. C. B.; Barbosa, S. C. T.; Costa, M. F. 2008. Spatial and Temporal Patterns of Use of Boa Viagem Beach, Northeast Brazil. Journal of Coastal Research. 24: 1A 79–86. SILVA, M. L. da; Sales, A. S.; Martins, S.; Castro, R. de O.; Araújo, F.V. de 2016. The influence of the intensity of use, rainfall and location in the amount of marine debris in four beaches in Niteroi, Brazil: Sossego, Camboinhas, Charitas and Flechas. Marine Pollution Bulletin, 113: 36–39. SILVA-CAVALCANTI, J.S.; Araújo, M.C.B.; Costa, M.F. 2009. Plastic litter on an urban beach _ a case study in Brazil. Waste Management Research 2009, 27; 93 UNEP. Marine litter: a global challenge. Nairobi: UNEP. 232p. 2009 SMITH, S.D.A.; Gillies, C. L.; Shortland-Jones, H. 2014. Patterns of marine debris distribution on the beaches of Rottnest Island, Western Australia. Marine Pollution Bulletin, 88: 188–193. SUL, J. I. Lixo Marinho: você já ouviu falar? Disponível em: http://www.ecodesenvolvimento.org.br/colunas/lixo-marinho/lixo-marinho#ixzz1ZYifYgXJ. Acesso em: 17/09/2017. VAZ, B. Contributos para a avaliação e gestão de praias: a importância da percepção de seus utilizadores. Dissertação de mestrado. Programa de pós-graduação em Ecologia Humana e Problemas Sociais Contemporâneos. Universidade Nova de Lisboa, 2008.
Portuguese Abstract: Apesar de décadas de esforços para prevenir e reduzir o lixo marinho em ambientes costeiros, há evidências de que o problema é persistente e continua a crescer. Praias urbanas são frequentemente poluídas por resíduos sólidos que acarretam inúmeros prejuízos. Esse trabalho teve como objetivo avaliar a poluição por lixo marinho presente em seis praias do litoral do Rio Grande do Norte (Touros, Genipabu, Artistas, Ponta Negra, Pirangi e Pipa), identificar os problemas nas áreas de estudo e propor melhorias. A avaliação foi desenvolvida mensalmente tendo início no mês de agosto de 2016 e finalizado em fevereiro de 2017. Todos os itens maiores que 3cm foram quantificados e classificados segundo sua composição predominante (plástico, vidro, metal, papel, madeira e orgânico) e principal fonte (usuário, doméstica, mista e pesca). Em cada praia foram delimitadas duas áreas amostrais (A1: área muito frequentada e A2: área pouco frequentada) com 200m de extensão por 5m de largura, no centro da "linha do deixa". Dentro de cada área amostral foi determinada uma área menor com 20m para coleta de itens menores com no máximo 3cm. Foi identificado um total de 14.661 itens de lixo nas seis praias durante o período amostral. A praia de Ponta Negra foi a mais poluída com 25,2% do total. Os itens plásticos foram maioria em todas as praias, apresentando os maiores percentuais em relação à soma de todos os outros itens (papel, metal, vidro, madeira e orgânico). Entre os plásticos, os itens mais frequentes foram, garrafa pet, canudos, saco de alimento (embalagem de picolé) e celofane (embalagem de canudo). Quanto aos resíduos de até 3cm, foi observado que Jenipabu, Artistas, Ponta Negra e Pipa foram as praias que apresentaram a maior quantidade. Com relação à fonte mais provável, em todas as praias avaliadas a contribuição dos usuários foi preponderante em relação às outras fontes. Dentre os problemas encontrados os mais comuns para todas as praias foram o descarte inadequado de resíduos sólidos, lançamento de efluentes a céu aberto, falta de infraestrutura adequada para coleta de resíduos sólidos e ausência de conscientização ambiental da população. Várias medidas foram propostas para reduzir o problema.
Abstract: Despite decades of efforts to prevent and reduce marine litter in coastal environments, there is evidence that the problem is persistent and continues to grow. Urban beaches are often polluted by solid waste that causes a lot of damage. The present work aimed at evaluating the pollution by marine litter present in six beaches of the coast of Rio Grande do Norte (Touros, Jenipabu, Artists, Ponta Negra, Pirangi and Pipa), to identify the problems and to propose improvements. Sampling was conducted monthly from August 2016 to February 2017. All items larger than 3cm were quantified and classified according to their predominant composition (plastic, glass, metal, papel, wood and organic) and most probable source (beach user, domestic, mixed and fishing). In each beach two sample areas (A1: high user frequency; A2: low user frequency) with 200m extension by 5m wide, in the strandline were delimited. Within each sample area, a smaller area with 20m was determined to collect smaller items with a maximum of 3cm. A total of 14,661 items were identified on the six beaches during the sampling period. The beach of Ponta Negra was the most polluted with 25.2% of the total. Plastic items were the majority in all beaches, presenting the highest percentages in relation to the sum of all other items (paper, metal, glass, wood and organic). Among the plastics, the most frequent items were, pet bottle, straws, food bag and cellophane. As for residues up to 3cm, it was observed that Jenipabu, Artistas, Ponta Negra and Pipa were the beaches that presented the greatest amount. With regard to the most probable source, the contribution of the users was preponderant to all the evaluated beaches in relation to the other sources. Inadequate disposal of solid wastes, discharge of open effluents, lack of adequate infrastructure for solid waste collection and lack of environmental awareness of the population, were the most common problems to all beaches. Several measures have been proposed to reduce the problem.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5523
Other Identifiers: 20160155860
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA FINAL - CORRIGIDA.pdfMonografia Principal2.76 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.