Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5516
Title: Terapia baseada em realidade virtual na reabilitação do equilíbrio de idosos: um estudo de 3 casos envolvendo atividade cerebral, controle postural e desempenho motor.
Other Titles: Therapy based on virtual reality in the rehabilitation of the balance of elderly: a study of 3 cases involving cerebral activity, postural control and motor development
Authors: Oliveira, Maria Julia Ferreira Rodrigues
Keywords: idosos;equilíbrio;realidade virtual;eletroencefalografia
Issue Date: 7-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Maria Julia Ferreira Rodrigues.Terapia baseada em realidade virtual na reabilitação do equilíbrio de idosos: um estudo de 3 casos envolvendo atividade cerebral, controle postural e desempenho motor. 2017. 34f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Departamento de Fisioterapia, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O treino de equilíbrio por meio da realidade virtual em pacientes idosos tem sido bastante utilizado. Dessa forma esse estudo propôs avaliar, em 3 casos clínicos, as alterações no controle postural e na atividade cerebral após 10 sessões de realidade virtual. Trata-se de um estudo de 3 casos, no qual as pacientes foram submetidas a uma avaliação geral contemplando dados sociodemográficos e clínicos, em seguida foi realizada uma avaliação psicocognitiva pelo Mini-Exame do Estado Mental (MEEM), uma avaliação do desempenho físico pelo Short Physical Performance Battery (SPPB) e uma avaliação eletroencefalográfica pelo Emotiv EPOC® durante a execução de dois testes clássicos de equilíbrio, considerando uma demanda estática e uma dinâmica. Após a avaliação, as pacientes participaram do protocolo de intervenção com realidade virtual por 5 semanas. A média de idade foi de 67,33 anos, com melhora de desempenho físico no Short Physical Performance Battery, melhora no desempenho dos 3 casos nos jogos Table Tilt, Ski Slalom, Basic Step, Tilt City e Snowboard Slalom. Em questão de desempenho geral de cada caso, o caso 1 melhorou em 70% dos jogos, o caso 2 em 80% dos jogos e o caso 3 em 60%. Na eletroencefalografia, foi possível observar aumento de alfa e diminuição de beta na situação de equilíbrio estático e um aumento de alfa e diminuição de beta na região frontal na situação do equilíbrio dinâmico no caso 1; uma diminuição de alfa e beta tanto durante o equilíbrio estático quanto durante o equilíbrio dinâmico; por fim, o caso 3 teve uma diminuição de alfa com distribuição de ativação multifocal de beta na condição de equilíbrio estático, já na condição de equilíbrio dinâmico ambos os potenciais de ativação avaliados diminuíram de forma geral. A realidade virtual trouxe melhoras no desempenho do equilíbrio considerando os 3 casos clínicos, com diferentes influências no controle postural e na atividade cerebral, respeitando o principio da individualidade, é preciso atentar-se para demanda física de cada paciente.
Abstract: The balance training with virtual reality in elderly patients has been widely used, so in this way, this study has proposed to evaluate, in 3 clinical cases, changes in postural control and brain activity after 10 virtual reality sessions. It is a case study, the patients were submitted to a general evaluation contemplating sociodemographic and clinical data, then a psycho-cognitive evaluation was realized by the Mini-Mental State Examination (MMSE), an evaluation of the physical performance by the Short Physical Performance Battery (SPPB) and an electroencephalographic evaluation by Emotiv EPOC® during the execution of two classical balance tests, considering a static and dynamic demand. After the evaluation, the patients participated in a virtual reality intervention protocol for 5-week. Three clinical cases were evaluated, with mean age of 67.33 years, improvement of physical performance in Short Physical Performance Balance, performance improvement of all 3 cases in games Table Tilt, Ski Slalom, Basic Step, Tilt City and Snowboard Slalom, in question of general performance of each case, the case 1 improved in 70% of games, case 2 in 80% of games and case 3 in 60%. And in the electroencephalography it was possible to observe increase of alpha and decrease of beta in the situation of static equilibrium and an increase of alpha and decrease of beta in the frontal region in the situation of the dynamic balance in case 1; a decrease of alpha and beta during static equilibrium and during dynamic equilibrium; Finally, in case 3 had a decrease of alpha with multifocal activation of beta in the condition of static equilibrium, but in the condition of dynamic equilibrium both action potentials evaluated decreased generally. The virtual reality brought improvements in the balance of the 3 clinical cases, with different influences on postural control and brain activity, respecting the principle of individuality, it is necessary to be attentive to the physical demand of each patient.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5516
Other Identifiers: 2013040660
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Terapiabaseadaemrealidade _2017_TCC.pdfTexto Completo765.75 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.