Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5496
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAraújo, Ronaldo José Rêgo de-
dc.contributor.authorMacêdo, Geíza Fernandes Pimenta de-
dc.date.accessioned2017-12-22T13:55:00Z-
dc.date.available2017-12-22T13:55:00Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier2012915591pr_BR
dc.identifier.citationMACÊDO, Geíza Fernandes Pimenta de. Questões éticas, medidas de combate à corrupção e sistemas de controles: qual a postura do profissional da contabilidade?. 2016. 61f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis), Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5496-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectCorrupçãopr_BR
dc.subjectContabilidadepr_BR
dc.subjectContabilistaspr_BR
dc.subjectFerramentas de controlepr_BR
dc.titleQuestões éticas, medidas de combate à corrupção e sistemas de controles: qual a postura do profissional da contabilidade?pr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Souza, Calebe Ramalho Seabra de-
dc.contributor.referees2Barbosa, Mayara Bezerra-
dc.description.resumoDiante dos inúmeros escândalos de corrupção, divulgados na mídia, envolvendo políticos, empresários, lobistas e outros profissionais com cargos na administração pública, este trabalho objetiva conhecer a percepção dos profissionais da contabilidade quanto às medidas de combate à corrupção, às questões éticas e aos sistemas de controle. A metodologia utilizada nesta pesquisa foi a bibliográfica e de survey, quanto aos procedimentos; qualitativa, no que se refere à abordagem; e descritiva, quanto aos objetivos. Coletou-se os dados por meio da aplicação de questionários-formulários aos profissionais contábeis, tanto do âmbito público quanto do privado, respondidos online ou fisicamente. Os resultados obtidos indicaram que os contabilistas, em sua maioria, combatem ativamente a corrupção, ao denunciar um colega de trabalho, caso o identificassem realizando alguma prática irregular, embora um quantitativo significativo não soube responder. Além disso, há um predomínio de profissionais que reconhecem positivamente o papel dos controles interno e externo nas entidades as quais trabalham, bem como a atuação das Corregedorias/Ouvidorias, demonstrando confiança e segurança parciais em relação aos órgãos de controle social.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentCiências Contábeispr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GeizaFPM_Monografia.pdfCiências Contábeis 310,87 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.