Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5488
Title: Condicionantes da opinião modificada nos relatórios de auditoria de empresas listada na BOVESPA
Authors: Mafra, Adriê da Silva
Keywords: Relatório do auditor independente;Opinião modificada;Pronunciamento contábil
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MAFRA, Adriê da Silva. Condicionantes da opinião modificada nos relatórios de auditoria de empresas listada na BOVESPA. 2015. 39f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis), Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: O relatório do auditor independente mostra-se um relevante instrumento de transparência aos usuários da informação contábil, haja vista que o auditor expressa sua opinião acerca da aderência das demonstrações financeiras aos princípios e normas contábeis vigentes, bem como se estas representam adequadamente a situação financeira e patrimonial da empresa. Circunstâncias diversas fazem com que a opinião emitida pelo auditor sobre as demonstrações contábeis seja contrária àquela divulgada pela empresa, fazendo com que o seu relatório apresente uma opinião modificada. Neste sentido, este estudo tem como objetivo analisar as características das distorções apresentadas nos relatórios de auditoria que serviram de base para a opinião modificada, tendo como amostra, os relatórios das empresas listadas na Bovespa no setor de consumo cíclico e não cíclico relativo ao período de 2010 a 2014. A pesquisa caracteriza-se como descritiva, com abordagem quantitativa e qualitativa, cuja amostra partiu de um quantitativo de 502 relatórios de auditoria, os quais foram submetidos ao procedimento de análise de conteúdo buscando-se identificar aqueles com opinião modificada. Os resultados evidenciaram um total de, aproximadamente, 11% de relatórios com opinião modificada, sendo preponderante a opinião com ressalva, representando 85% das modificações. Verificou-se ainda que ao longo do período analisado, o número médio de opiniões modificadas se manteve, sem, contudo, mudar as características dos fatores condicionantes. Por fim, conclui-se que dentre os motivos que levaram a mudanças na opinião do auditor, está a não observâncias de normas e princípios contábeis, sendo a falta de adequação quanto ao que prevê o CPC 01 – Redução ao valor recuperável de ativos, o fator de inconsistência mais observado.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5488
Other Identifiers: 2010015738
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AdriêSM_Monografia.pdfCiências Contábeis 566.3 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.