Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5448
Title: Resposta afetiva nos métodos de treinamento do futebol em jovens: uma comparação entre jogo reduzido e treino de sprints repetidos com mudança de direção
Authors: Silva, Marxno Ermesony Sabino da
Keywords: Jovens futebolistas;Treino das capacidades físicas;Afeto
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Marxno Ermesony Sabino da. Resposta afetiva nos métodos de treinamento do futebol em jovens: uma comparação entre jogo reduzido e treino de sprints repetidos com mudança de direção. 2017. 15 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Departamento de Educação Física, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Introdução: A característica dos períodos de treinamento no futebol tais como, volume, monotonia e tensão de treino são capazes de influenciar na valência afetiva dos jogadores, podendo afetar a relação entre a intensidade e a aderência ao exercício. Objetivo: Comparar as respostas afetivas de um treino de Jogo Reduzido com o treino de sprints repetidos com mudança de direção em jovens futebolistas. Métodos: Estudo experimental com amostra de 9 indivíduos (idade: 16 ±2 anos). Foram realizados sessões de sprints repetidos com mudança de direção e Jogo Reduzido. A maturação biológica foi determinada pela maturação somática (Mirward, 2002) e o teste de salto vertical com contramovimento foi utilizado para verificar indiretamente a potência de membros inferiores. Para aferição do afeto foi utilizado a escala afetiva (Hardy e Rejeski,1989). Ainda, foi utilizada a percepção subjetiva do esforço (PSE) para verificar a carga interna das sessões realizadas. Resultados: Não houve diferença estatística do afeto apresentado entre os dois métodos de treino, assim como também não foi verificado diferença estatisticamente significante do afeto pré e pós sessão em ambos os treinos, outrossim não existiu diferença estatística nos valores da PSE, e no teste de salto vertical pré e pós sessão. Conclusões: O treino de Jogo Reduzido e o treino de sprints repetidos com mudança de direção apresentaram sensações de prazer/desprazer semelhantes sendo os treinamentos com cargas de baixa intensidade.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5448
Other Identifiers: 2012935923
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Respostaafetivanosmetodostreinamento_2017_ArtigoTexto Completo554.65 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.