Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5438
Title: Alterações articulares e musculares da face em pacientes com Disfunção Temporomandibular
Authors: Carvalho, Wigliany Bezerra
Keywords: Disfunção temporomandibular, sistema estomatognático, amplitude de movimento articular, dor.
Issue Date: 7-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CARVALHO, Wigliany Bezerra. Alterações articulares e musculares da face em pacientes com Disfunção Temporomandibular. 2017. 34f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Departamento de Fisioterapia, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A articulação temporomandibular (ATM) tem se tornado um tema mais frequente nos estudos científicos, por sua disfunção acarretar sinais e sintomas que influenciam diretamente na qualidade de vida dos indivíduos com disfunção temporomandibular (DTM). O objetivo deste estudo foi identificar as principais alterações biomecânicas em pacientes com DTM. Foram avaliados 49 pacientes, com disfunção temporomandibular. As variáveis deste estudo foram: dor espontânea e à palpação, amplitude de abertura de boca e excursões laterais. Foi realizado Teste de Qui-quadrado para verificar associação entre as variáveis. Nos resultados encontrou-se que os músculos com maior incidência de dor severa foram: estilo-hióideo/região posterior do digástrico (41%), pterigóideo lateral esquerdo (14%) e masseter (36,7%). Ainda foi possível observar que as amplitudes de abertura de boca e excursão lateral direita e esquerda apresentaram-se diminuídas em relação ao predito na literatura. Conclui-se que as alterações biomecânicas mais importantes nessa amostra foram: diminuição da amplitude de movimento de abertura de boca e excursões laterais, entretanto sem associação com o aumento da intensidade da dor.
Abstract: The Temporomandibular Joint (TMJ) has become a more frequent subject in scientific studies, because its dysfunction causes signs and symptoms that directly influence the quality of life of individual with Temporomandibular Dysdunction (TMD). The aim of this study was to identify the main biomechanical alterations in patients with TMD. We evaluated 49 patients with TMD. The variable of this study were: spontaneous pain and palpation pain, mouth opening amplitude and lateral excursions. A Chi-square test was performed to verify association between the variables. The most painful muscles on palpation were stylohyoid/posterior region of the digastric (41%), left lateral pterygoid (14%) and masseter (36,7%). It was also possible to observe that the range of motion of mouth opening and right and left lateral excursions were decreased in relation to that predicted in the literature. We conclude that the most important biomechanical changes in this sample were: amplitude reduction of mouth opening movement and lateral excursions, however with no associated with increased pain intensity.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5438
Other Identifiers: 2013039006
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alteraçõesarticularesemusculares_2017_TCC.pdfTexto Completo402.96 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons