Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5397
Title: Caracterização física do Médio Piranhas Potiguar com o uso de técnicas de geoprocessamento
Authors: Araújo, Ingredy Nataly Fernandes
Keywords: Uso e ocupação do solo;Bacia hidrográfica;Sistemas de informações geográficas
Issue Date: 30-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ANA. Plano de recursos hídricos da bacia hidrográfica do rio Piancó-Piranhas-Açu. Brasília: Agência Nacional de Águas, 2016. ANDRADE, L. A. DE; FABRICANTE, J. R.; OLIVEIRA, F. X. DE. Impactos da invasão de Prosopis juliflora (sw.) DC. (Fabaceae) sobre o estrato arbustivo-arbóreo em áreas de Caatinga no Estado da Paraíba, Brasil. Acta Scientiarum - Biological Sciences, v. 32, n. 3, p. 249–255, 2010. ANGELIM, L. A. DE A. et al. GEOLOGIA E RECURSOS MINERAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Recife: CPRM, 2006. BATISTA, J. L. O.; SANTOS, R. L. Análise da dinâmica do uso e ocupação da terra em pequenos municípios baianos do semi-árido brasileiro: o caso de Teofilândia 1. Revista de Geografía Norte Grande, v. 49, p. 139–155, 2011. BRAGA, G. G. et al. Influence of extended drought on water quality in tropical reservoirs in a semiarid region. Acta Limnologica Brasiliensia, v. 27, n. 1, p. 15–23, mar. 2015. COELHO, V. H. R. et al. Dinâmica do uso e ocupação do solo em uma bacia hidrográfica do semiárido brasileiro. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 18, n. 1, p. 64–72, 2013. CONGALTON, R. G.; GREEN, K. Assessing the accuracy of remotely sensed data : principles and practices. [s.l.] CRC Press/Taylor & Francis, 1999. DEFRIES, R. et al. Land Use Change around Protected Areas: Management to Balance Human Needs and Ecological Function. Ecological Application, v. 17, n. 4, p. 1031–1038, 2007. DINIZ, M. T. M.; OLIVEIRA, G. P. DE. Compartimentação e caracterização das unidades de paisagem do Seridó Potiguar. Brazilian Geographical Journal, v. 6, p. 291–318, 2015. ELLIS, E. C.; RAMANKUTTY, N. Putting people in the map: anthropogenic biomes of the world. Frontiers in Ecology and the Environment, v. 6, n. 8, p. 439–447, 2008. EMBRAPA. Levantamento exploratório - Reconhecimento de solos do estado do Rio Grande do Norte. Recife: Convênio de Mapeamento de Solos MA/DNPEA-SUDENE/DRN, 1971. EMBRAPA. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 2. ed. Brasília: EMBRAPA, 2006. EMPARN. Monitoramento Pluviométrico do RN. Disponível em: <http://187.61.173.26/monitoramento/>. Acesso em: 3 nov. 2017. FOLEY, J. A. et al. Global Consequences of Land Use. Science, v. 309, n. 5734, p. 570–574, 2005. GUO, E. et al. Effects of riparian vegetation patterns on the distribution and potential loss of soil nutrients: a case study of the Wenyu River in Beijing. Front Environ Sci Eng, 2013. IBGE. Manual Técnico de Uso da Terra. 3. ed. [s.l.] Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2013. ISLAM, K. R.; WEIL, R. R. Land use effects on soil quality in a tropical forest ecosystem of Bangladesh. Agriculture Ecosystems & Environment, v. 79, n. 1, p. 9–16, 2000. KOTTEK, M. et al. World Map of the Köppen-Geiger climate classification updated. Meteorologische Zeitschrift, v. 15, n. 3, p. 259–263, 2006. LANDIS, J. R.; KOCH, G. G. The Measurement of Observer Agreement for Categorical Data. Biometrics, v. 33, n. 1, p. 159–174, 1977. MEDEIROS, C. E. B. F. DE S. Os impactos do uso e ocupação e evento de seca extrema na qualidade da água e do solo de um manancial tropical semiárido. [s.l.] Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2016. MELO, R. O. et al. Susceptibilidade à compactação e correlação entre as propriedades físicas de um neossolo sob vegetação de Caatinga. Revista Caatinga, v. 21, n. 5, p. 12–17, 2008. MELO NETO, J. O.; GUIMARÃES, D. V.; GONZAGA, M. I. S. Estimativa e análise temporal do uso e ocupação do solo no entorno do refúgio de vida silvestre Mata do Junco com base em processamento digital de imagens. Scientia Plena, v. 8, n. 4, p. 1–5, 2012. MOURI, G. Assessment of land cover relocation incorporating the effects of human activity in typical urban and rural catchments for the design of management policies. Environmental Science and Policy, v. 50, p. 74–87, 2015. NERY, C. V. M. et al. Uso do Sensoriamento Remoto na Detecção de Mudança na Microrregião de Montes Claros/MG (Use of Remote Sensing Change Detection in the Microregion of Montes Claros/MG). Revista Brasileira de Geografia Física, v. 7, n. 1, p. 130–145, 2011. NGUYEN, H. H. et al. Modelling the impacts of altered management practices, land use and climate changes on the water quality of the Millbrook catchment-reservoir system in South Australia. Journal of Environmental Management, v. 202, p. 1–11, 2017. OLIVEIRA, J. N. P. DE. A INFLUÊNCIA DA POLUIÇÃO DIFUSA E DO REGIME HIDROLÓGICO PECULIAR DO SEMIÁRIDO NA QUALIDADE DA ÁGUA DE UM RESERVATÓRIO TROPICAL. [s.l.] UFRN, 2012. PEREIRA, R. A.; DANTAS NETO, J. Efeito das atividades agropastoris sobre os atributos físico-químicos de três classes de solos de uma bacia hidrográfica no semiárido brasileiro. Bol. Goia. Geogr., v. 34, n. 1, p. 169–188, 2014. RAHMAN, S. Environmental impacts of technological change in Bangladesh agriculture: farmers’ perceptions, determinants, and effects on resource allocation decisions. Agricultural Economics, v. 33, n. 1, p. 107–116, jul. 2005. SALVATI, L.; FERRARA, C.; RANALLI, F. Changes at the fringe: Soil quality and environmental vulnerability during intense urban expansion. Eurasian Soil Science, v. 47, n. 10, p. 1069–1075, 2014. SANHOUSE-GARCIA, A. J. et al. Multi-temporal analysis for land use and land cover changes in an agricultural region using open source tools. Remote Sensing Applications: Society and Environment, 2016. SANTOS, H. G. DOS et al. O novo mapa de solos do Brasil: legenda atualizada. Embrapa, p. 67, 2011. SCHARSICH, V. et al. Analysing land cover and land use change in the Matobo National Park and surroundings in Zimbabwe. Remote Sensing of Environment, v. 194, p. 278–286, 2017. WWF-BRASIL; INSTITUTO IPE. Gestão de unidades de conservação: compartilhando uma experiência de capacitação. p. 396, 2012. XIAO, Q.; HU, D.; XIAO, Y. Assessing changes in soil conservation ecosystem services and causal factors in the Three Gorges Reservoir region of China. Journal of Cleaner Production, v. 163, p. 172–180, 2016.
Portuguese Abstract: As unidades formadoras de uma paisagem podem ser caracterizadas por meio de informações provenientes do uso e ocupação do solo, pois este reflete as atividades ali desenvolvidas e os possíveis impactos. Atividades antrópicas que promovem a redução da cobertura vegetal ocasionam modificações nas características do solo, prejudicando suas funções ecossistêmicas. Porém, os efeitos negativos da degradação do solo também atingem outros sistemas, principalmente os recursos hídricos. O gerenciamento ambiental requer a compreensão das relações entre as atividades antrópicas e seus efeitos no ambiente, tendo como base o conhecimento das características ambientais locais. Técnicas de geoprocessamento e utilização de imagens de satélite possibilitam a obtenção de informações ambientais e de respostas rápidas e eficazes sobre o padrão de uso e ocupação do solo e suas mudanças ao longo do tempo. Áreas ambientalmente frágeis, como o semiárido brasileiro, necessitam ter seu uso do solo controlado. Sobretudo regiões que possuem reservatórios estratégicos, como é o caso do Armando Ribeiro Gonçalves, que está inserido na Unidade de Planejamento Hidrológico “Médio Piranhas Potiguar”. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi fazer uma caraterização física do Médio Piranhas Potiguar, utilizando técnicas de geoprocessamento. Para isso, foi utilizado o software QGis e o complemento Semi-Automatic Classification Plugin (SCP), para realizar classificações supervisionadas do uso e ocupação do solo para os anos de 2002 e 2017, e calculados os percentuais de área de cada classe. A ocupação foi classificada em: água, agricultura, vegetação aberta, vegetação densa e solo exposto. A vegetação é a classe predominante na região, a agricultura é a que teve maior aumento percentual, enquanto a segunda maior alteração foi a redução da água. Também foram obtidos um mapa da geologia que permitiu identificar a origem e formação do solo, um mapa de solos para inferir a susceptibilidade ambiental dos solos da região, e um mapa de altimetria, que auxiliou na interpretação das interações ambientais naturais e antrópicas. Este trabalho evidenciou que houve mudanças no uso e ocupação do solo nesse período de 15 anos, e que devido às características ambientais da região, isso pode intensificar a fragilidade ambiental natural, aumentando os processos de degradação ambiental.
Abstract: The units forming a landscape can be characterized by information from the use and occupation of the soil, as it reflects the activities developed there and the possible impacts. Anthropogenic activities that promote the reduction of the vegetal cover cause changes in the soil characteristics, impairing its ecosystem functions. However, the negative effects of soil degradation also affect other systems, especially water resources. Environmental management requires understanding the relationships between anthropic activities and their effects on the environment, based on knowledge of local environmental characteristics. Techniques of geoprocessing and the use of satellite images enable the obtaining of environmental information and rapid and effective responses on the pattern of land use and occupation and its changes over time. Environmentally fragile areas, such as the Brazilian semi-arid, need to have their controlled soil use. Above all, there are strategic reservoirs, such as Armando Ribeiro Gonçalves, which is part of the "Médio Piranhas Potiguar" Hydrological Planning Unit. In this way, the objective of this work was to make an physical characterization of Médio Piranhas Potiguar, using geoprocessing techniques. For this, the QGIS software and Semi-Automatic Classification Plugin complement (SCP) was used to perform supervised classification of land use and occupation for the years 2002 and 2017, and calculated the area percentages of each class. The occupation was classified in: water, agriculture, open vegetation, dense vegetation and exposed soil. Vegetation is the predominant class in the region, agriculture is the one that had the highest percentage increase, while the second major change was the reduction of water. Were also obtained a map of the geology identified the origin and formation of the soil, a soil map to infer the environmental susceptibility of the region's soils, and an altimetry map, which assisted in the interpretation of natural and anthropogenic environmental interactions. This work evidenced that there were changes in the use and occupation of the soil in this period of 15 years, and that due to the environmental characteristics of the region, this can intensify the natural environmental fragility, increasing the processes of environmental degradation.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5397
Other Identifiers: 20150146231
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_IngredyNataly_finalizado.pdfTCC1.42 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.