Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5388
Title: Análise dos custos de manutenção e operação do sistema de esgotamento sanitário do tipo condominial do bairro de Santos Reis, Natal-RN.
Authors: Oliveira, Luan Rodrigo Rocha
Keywords: sistema condominial, obstruções, água de chuva, caixa de gordura, custos
Issue Date: 2011
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Luan Rodrigo Rocha de. Análise dos custos de manutenção e operação do sistema de esgotamento sanitário do tipo condominial do bairro de Santos Reis, Natal-RN. 2017. 29f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil), Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017
Portuguese Abstract: A universalização da prestação dos serviços de saneamento básico ainda é incipiente. Com relação ao esgotamento sanitário, no Brasil apenas 42,67 % da população tem acesso à rede coletora e tratamento de esgoto. Dessa maneira o sistema de esgotamento sanitário do tipo condominial pode ser apontado como uma alternativa para a democratização das redes de esgotos nas cidades, uma vez que apresenta baixos custos de implantação quando comparado ao sistema convencional. Porém, quando verificado o número de solicitações de desobstrução e conserto nos dois sistemas, as solicitações do condominial superam as do convencional. Assim, foi realizada uma análise dos custos de operação e manutenção do sistema condominial em detrimento ao convencional no bairro de Santos Reis, uma vez que este bairro apresentou a maior razão de desobstrução por ligação de esgoto. Além disso, foi realizada uma pesquisa de campo nesse bairro para verificar quais fatores interferem nos custos do sistema condominial. A pesquisa apontou que em 61% dos imóveis havia ligação irregular de água de chuva; e que 59% afirmaram não ter o conhecimento de que não podia lançar água de chuva na rede de esgotos. Além disso, 77% dos entrevistados não apresentaram caixa de gordura nas instalações internas dos imóveis. Já nos imóveis que apresentaram caixa de gordura, 77% dos usuários não realizam as limpezas no tempo correto. Além disso, após análise chegou-se o dado que o custo total do sistema condominial apresentou-se 27,15% mais caro que o convencional. O custo da manutenção do sistema de esgoto condominial em Santos Reis é 125, 71% mais caro quando comparado ao convencional do mesmo bairro. Porém, a operação apresentou o inverso: o sistema condominial apresentou uma redução de 61,02% em relação ao sistema convencional do bairro de Santos Reis.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5388
Other Identifiers: 2011049765
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
análise-custo-manutenção-Oliveira-Artigo.pdfTCC - 2017.21.17 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.