Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5363
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSousa, Catarina de Oliveira-
dc.contributor.authorFerreira, Laysla Carla de Castro-
dc.date.accessioned2017-12-13T16:51:39Z-
dc.date.available2017-12-13T16:51:39Z-
dc.date.issued2017-12-04-
dc.identifier2013086703pr_BR
dc.identifier.citationFERREIRA, Laysla Carla de Castro. Relação entre a força isométrica de músculos do ombro e a função autorreportada em sujeitos com síndrome subacromial unilateral, 2017. 47f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia), Departamento de Fisioterapia, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5363-
dc.description.abstractIntroduction: The Subacromial Impingement Syndrome (SIS) is one of the most common painful conditions of the shoulder and it has as main symptoms pain and decrease of function. In the clinical context, the measurement of range of movement, strength, and self-report function questionnaire can be used in the evaluation of the affected subjects. However, few studies present the relationship between the questionnaire of self-reported functional measures and strength. Objective: To evaluate the relation between shoulder muscles isometric strength and the self-reported function of the individuals with the unilateral SIS. Methods: This is an observational study which was developed in the Physical Therapy Department of the Federal University of Rio Grande do Norte. In total, 23 subjects (15 man and 8 women; 34,47±10,15 years old; BMI of 24,2±2,23 kg/m2) with clinical symptoms of unilateral of SIS participated in this study. The sampling was a non-probabilistic one of consecutive cases. The subjects were evaluated by a manual dynamometer the isometric strength of shoulder in scapular elevation, and lateral and medial rotations, bilaterally. For the shoulder functional evaluation, the Brazilian version of the Penn Shoulder Score (PSS) was used. The data were statistically analyzed in a descriptive and inferential manner. The Shapiro Wilk test was used for the sample distribution, the t-Student test was used for evaluate the differences between the sides, and the Pearson test for the correlation between the isometric strength and the self-reported function. Results: The isometric strength for internal (p=0,025) and external (p=0,022) rotations presented statistical differences between the affected and non-affected sides. The symptomatic side showed a deficit of 7,69% for the internal rotation and 5,49% for the external rotation, when the sides are compared. Therefore, the strength reduction, no significant correlation was found between the isometric strength and the self-reported function. Conclusion: the affected side of the individuals with unilateral SIS shows a strength deficit with respect to the contralateral side, but there was no significant correlation between the isometric strength and the self-reported function by the PSS.pr_BR
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectDor de ombro. Força muscular. Dinamômetro de força muscular. Questionários.pr_BR
dc.subjectKeywords: Shoulder Pain. Muscle Strengh. Muscle Strengh Dynamometer. Questionnaires.pr_BR
dc.titleRelação entre a força isométrica de músculos do ombro e a função autorreportada em sujeitos com síndrome subacromial unilateralpr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.advisor-co1José Diego Sales do Nascimentopr_BR
dc.contributor.referees1Vigolvino, Lorena Passos-
dc.contributor.referees2Cavalcanti, Rafael Limeira-
dc.description.resumoIntrodução: A Síndrome do Impacto Subacromial (SIS) é uma das mais frequentes condições dolorosas do ombro e seus principais sintomas são a dor e a perda de função. No contexto clínico, além da mensuração de amplitude de movimento e força, questionários de autorrelato de função podem ser usados na avaliação dos sujeitos acometidos. No entanto, poucos estudos apresentam a relação entre as medidas de questionário de função autorreportada e força. Objetivos: Avaliar a relação entre a força isométrica de músculos do ombro e a função autorreportada em sujeitos com síndrome do impacto subacromial unilateral. Metodologia: Trata-se de um estudo observacional, desenvolvido no Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Participaram 23 sujeitos (15 homens e 8 mulheres; 34,47±10,15 anos; IMC de 24,2±2,23 kg/m2) com sintomas clínicos de SIS unilateral. A amostragem foi do tipo não-probabilística de casos consecutivos. Foi realizada a avaliação da força isométrica de elevação escapular, rotação lateral e rotação medial do ombro, bilateralmente, através de um dinamômetro manual. Para avaliar a função do ombro, foi utilizada a versão brasileira do questionário Penn Shoulder Score (PSS). Os dados foram analisados estatisticamente de forma descritiva e inferencial. Para a distribuição da amostra, foi usado o teste Shapiro Wilk. Para avaliar a diferença entre os lados, foi usado o teste t-Student. A correlação entre a força isométrica e função autorreportada foi avaliada através de teste de Pearson. Resultados: Foi encontrada diferença estatística apenas para os movimentos de rotação interna (p=0,025) e rotação externa (p=0,022) quando comparada a força isométrica entre os lados acometido e não acometido. O lado sintomático apresentou déficit de força de 7,69% para rotação interna e 5,49% para rotação externa, quando comparados os lados. Apesar da diminuição da força, não foi encontrada correlação significativa entre a força isométrica e a função autorreportada. Conclusão: O lado acometido de sujeitos com SIS unilateral apresenta déficit de força em relação ao membro contralateral, mas não foi encontrada correlação entre a força isométrica e a função autorreportada através do PSS.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentFisioterapiapr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.subject.cnpqFisioterapiapr_BR
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relaçãoforçaisométrica_2017_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo1.14 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.