Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5310
Title: Avaliação experimental de materiais componentes de sistema de arraste aeroportuários
Authors: Nascimento, José Bruno Primo do
Keywords: Avião;Aeroportos;Pista de escape;Sistema de arraste;Concreto leve;Modelo de protótipo;Airplane;Airports;Runway;Arrestor system;Lightweight concrete;Prototype model
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: NASCIMENTO, José Bruno Primo do. Avaliação experimental de materiais componentes de sistema de arraste aeroportuários. 2017. 19 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Curso de Engenharia Civil, Centro Tecnológico, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O avião é considerado o meio de transporte mais seguro que existe, com apenas 1 em cada 3,1 milhões de voos globais resultando em acidente. Desses acidentes, 40% ocorreram por saída de pista na fase de pouso ou decolagem. Porém, em muitos aeroportos não é possível construir uma Área de Segurança de Fim de Pista (Runway End Safety Area – RESA) devido as suas dimenções. Dessa forma, foi criada uma medida adicional de segurança: os sistemas de arraste (Engineered Material Arrestor System - EMAS), um sistema de proteção à parada da aeronave com capacidade de absorver energia cinética, amortecendo o movimento do avião e reduzindo sua velocidade até a parada total, diminuindo muito os danos ao avião e comprometimento da integridade física dos tripulantes. No entando, o EMAS é patenteado e possui um alto custo de aplicação e substituição. Assim, o objetivo geral desta pesquisa foi desenvolver uma composição para concreto leve com substituição dos agregados graúdo e miúdo por perlita e composto de drywall, respectivamente; sendo este concreto de fácil execução e rápida substituição, tão eficientes quanto o EMAS e menos oneroso. O método de aproximação foi baseado na similaridade cinemática aplicada sobre um modelo de protótipo de um trem de pouso em contato com o concreto desenvolvido. O equipamento modelo foi projetado a partir da inclinação de uma pista em 90 graus com o plano horizontal, onde foi simulado o impacto do trem de pouso com um bloco de concreto leve, nas dimensões de 45 cm de comprimento, 60 cm de altura e 20 cm de largura. Após 6 testes de colisão e a análise dos resultados obtidos nos ensaios de compressão axial, para cada um dos seis traços desenvolvidos, verificou-se que o melhor resultado foi para o traço T3, na proporção em massa de 1,00: 0,55: 1,33: 2,66.
Abstract: The airplane is considered the safest means of transport that exists, with only 1 in every 3.1 million global flights resulting in an accident. Of these accidents, 40% occurred due to overruns of the runway during the landing or take-off phase. Meanwhile, at many airports it is possible to build a Runway End Safety Area (RESA) because of its dimensions. In this way, an additional safety measure has been created: Engineered Material Arrestor System (EMAS), an aircraft stop protection system capable of absorbing kinetic energy, damping airplane movement and reducing its speed to full stop, greatly reducing human injury and airplane damage. However, EMAS is patented and has a high cost of application and replacement. Thus, the general objective of this research was to develop a lightweight concrete with replacement of the large and small aggregates by perlite and joint compound, respectively; being this concrete of easy execution and quick replacement, as effective as EMAS and less expensive. The approach method was based on the kinematic similarity theory applied on a prototype model of a landing gear in contact with the developed concrete. The model equipment was designed from the inclination of a runway in 90 degrees with the horizontal plane, where the impact of the landing gear was simulated with a block of light concrete in dimensions of 45 cm in length, 60 cm in height and 20 cm wide. After 6 collision tests and analysis of the results obtained in the unconfined compression tests, for each of the six traces developed, it was verified that the best result was for the T3 trace, in the mass ratio of 1,00 : 0,55 : 1,33 : 2,66.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5310
Other Identifiers: 2012937552
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
avaliacao-materiais-arraste-nascimento-artigo.pdfTCC - 2017.21.6 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.