Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5305
Title: Análise do procedimento da NBR 6118/2014 para o cálculo de deslocamento de vigas
Other Titles: Analysis of the NBR 6118/2014 procedure for the calculation of beam displacements
Authors: Araújo, Juliana Caroline Neves de
Keywords: Concreto armado;Vigas;Deslocamentos;Simulação
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAUJO, Juliana Caroline Neves de. Análise do procedimento da NBR 6118/2014 para o cálculo de deslocamento de vigas. 2017. 60f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Civil), Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Até a década de 1990, a verificação rigorosa de membros estruturais de concreto armado aos limites de deformações excessivas representava tarefa laboriosa, haja vista a complexidade do comportamento mecânico do referido material e a precariedade dos recurs os computacionais então disponíveis. Por esta razão, a versão da norma aplicada a projetos de estruturas de concreto armado, a NBR 6118/1982, em vigor até o ano de 2003, apresentava em sua redação critério prático para a estimativa das dimensões da seção t ransversal de vigas manufaturadas com o referido material que, uma vez atendido, dispensava tal verificação. Apesar do aperfeiçoamento dos métodos aproximados de cálculo e da evolução da computação eletrônica digital, perdurou certo grau de incompatibilida de em sua aplicação direta aos propósitos do projeto estrutural cotidiano, precipuamente, no tocante à análise deformacional. Consta na versão da NBR 6118/2003, recomendação de procedimento simplificado para o cálculo de deslocamentos em elementos estrutur ais com as características ora abordado, que foi mantida na versão da NBR 6118/2014, atualmente, em vigor. Tal procedimento, baseado na proposta de Branson (1968), prevê a consideração da variação da rigidez à flexão da seção transversal do membro estrutur al conforme o estado de tensões solicitantes, tomandose por referência a relação entre o momento fletor que solicita a seção crítica, e o momento fletor correspondente à fissuração do concreto em tração. O objetivo deste trabalho é a análise da validade da formulação de Branson (1968) para o cálculo de deslocamentos de vigas isostáticas de concreto armado, tomando se por referência para fins de comparação resultados obtidos mediante o emprego de formulação ortotrópica nãolinear em Estado Plano de Tensões, elementos finitos e relações constitutivas não lineares para o concreto.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5305
Other Identifiers: 2013012924
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
analise-procedimento-nbr-Araujo-Monografia.pdfTCC-2017.21.5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons