Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5282
Title: Avaliação da função pulmonar, capacidade física e qualidade de vida de mulheres obesas no município de Santa Cruz – RN
Authors: Ponsiano, Maria Karollyne de Souza
Keywords: Obesidade; função pulmonar; capacidade física; qualidade de vida.;Obesity; lung function; physical capacity; quality of life.
Issue Date: 28-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PONSIANO, Maria Karollyne de Souza. Avaliação da função pulmonar, capacidade física e qualidade de vida de mulheres obesas no município de Santa Cruz – RN. 2017. 26f. Artigo Científico (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2017.
Portuguese Abstract: A obesidade é definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um acúmulo anormal e excessivo de gordura corporal que pode atingir graus capazes de afetar a saúde. As alterações ocorrem no organismo de forma sistêmica, com isso, o objetivo desse trabalho foi avaliar a função pulmonar, capacidade física e qualidade de vida de mulheres obesas no município de Santa Cruz – RN. O estudo foi do tipo transversal aprovado pelo comitê de ética da FACISA, com o número de parecer 1245059.Foram recrutados 26 voluntários do sexo feminino, e mediante a assinatura do o termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE). Para função pulmonar foi usado um espirômetro para análise das variáveis de (CVF); (VEF1); (FEF25-75%); (PEF). A capacidade física foi avaliada através do Incremental Shuttle Walking test, e a qualidade de vida através do questionário SF-36. Como resultado, podemos observar alteração do tipo obstrutiva na função pulmonar; diminuição do previsto da caminhada no teste de capacidade física, e no SF-36, diminuição no domínio que diz respeito a estado geral de saúde, seguido de dor. Concluímos que mulheres obesas apresentaram características obstrutivas na função pulmonar, redução da capacidade física ao teste de esforço e diminuição do estado geral da saúde, além de outros escores baixos que possivelmente estão atrelados a obesidade e estilo de vida no que diz respeito a alimentação, atividade física e cuidados com á saúde.
Abstract: Obesity is defined by the World Health Organization (WHO) as an abnormal and excessive accumulation of body fat that can reach health efforts. In this way, the aim of this study was to evaluate the pulmonary function, physical capacity and quality of life of obese women in the city of Santa Cruz - RN. The objective of the cross-sectional type approved by the Ethics Committee of the Faculty, with the number of opinion 1245059. Twenty-six female volunteers were recruited, and by signing the informed consent form (TCLE). For pulmonary function was used A spirometer for analysis of the FVC variables; (FEV1); (FEF25-75%); (PEF). The physical capacity assessed through the Incremental Shuttle Walking test, and a quality of life through the SF-36 questionnaire. As a result, we can observe the type of obstruction in lung function; decrease of the previous walk without physical ability test, and not SF-36, decrease in the domain around a general state of health, followed by pain. We conclude that obese women presented obstructive characteristics in the pulmonary function, reduction of the physical capacity to the exercise test and decrease of the general state of health, besides other low scores that possibly are linked to obesity and lifestyle not at any time of the activity, activity physical and health care.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5282
Other Identifiers: 2013007227
metadata.dc.description.embargo: 2019-12-10
Appears in Collections:FACISA - Fisioterapia



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.