Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5278
Title: Participação nas Tarefas Domésticas e Barreiras Ambientais de Crianças e Adolescente com Deficiência Física
Authors: Cruz, Rafaela da Silva
Keywords: “CIF”. “Pessoas com Deficiência”. “Crianças”. “Adolescentes”;"CIF". "Disabled people". "Children". "Teens
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CRUZ, Rafaela da Silva. Participação nas tarefas domésticas e barreiras ambientais de crianças e adolescentes com deficiência física. 2017. 41f. Artigo científico (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2017.
Portuguese Abstract: Introdução: Para desenvolver intervenções direcionadas a melhorar os níveis de participação, é fundamental conhecer aspectos negativos do meio ambiente (barreiras), como também fatores facilitadores para melhorar a participação em casa, na escola e na comunidade. Com essa preocupação surgiu, então, a Classificação Internacional da Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), para descrever, avaliar a saúde e a incapacidade de um indivíduo. Na prática clínica, a CIF pode ser usada para guiar o processo de avaliação, planejamento e tratamento, com o uso de diferentes instrumentos, utilizados para cobrir os vários conceitos do modelo. Objetivo: Investigar a participação e barreias ambientais de crianças e de adolescentes com deficiência física nas tarefas do contexto domiciliar. Metodologia: O estudo envolveu uma amostra de conveniência no total de 20 pessoas (crianças e adolescentes). Os pais ou responsáveis responderam o questionário CHORES( Criança Ajudando: Responsabilidade, Expectativa e Apoio) e o questionário Craig Hospital Inventory of Environmental Factors (CHIEF), para avaliar a influência do ambiente na participação da criança e do adolescente. Resultados: De acordo com a tabela 5, não houve diferença estatística significativa para nenhuma das correlações entre os domínios propostos. Além da correlação, foi analisada a relação entre sexo e locomoção de acordo com os domínios do questionário CHORES ( Crianças Ajudando: Responsabilidade, expectativa e Apoio) ,desempenho, assistência e independência. Todos os resultados da tabela mostraram valores de “p>0,05”, não apresentando, também, efeito estaticamente significativo. Conclusão: Esse estudo, serviu para despertar a importância de pesquisas nessa área, para se buscar uma atenção à saúde das pessoas e um olhar que valorize o ser humano, num importante aspecto da vida, a saúde e a sua funcionalidade.
Abstract: Introduction: In order to develop interventions aimed at improving participation levels, it is fundamental to know negative aspects of the environment (barriers), as well as facilitating factors to improve participation at home, at school and in the community. With this concern came the International Classification of Functioning, Disability and Health (CIF), to describe, assess the health and disability of an individual. In clinical practice, ICF can be used to guide the evaluation, planning and treatment process, using different instruments, used to cover the various concepts of the model. Objective: To investigate the participation and environmental barriers of children and adolescents with physical disabilities in household tasks. Methodology: The study involved a convenience sample of 20 people (children and adolescents). Parents or guardians answered the questionnaire CHORES (Child Support: Responsibility, Expectation and Support) and the Craig Hospital Inventory of Environmental Factors (CHIEF) questionnaire to assess the influence of the environment on child and adolescent participation. Results: According to table 5, there was no significant statistical difference for any of the correlations between the proposed domains. Besides the correlation, the relationship between sex and locomotion was analyzed according to the domains of the questionnaire CHORES (Children Helping: Responsibility, Expectation and Support), performance, assistance and independence. All the results of the table showed values of "p> 0.05", not also showing a statistically significant effect. Conclusion: This study served to awaken the importance of research in this area, to seek attention to the health of people and a look that values the human being in an important aspect of life, health and its functionality.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5278
Other Identifiers: 2013050694
metadata.dc.description.embargo: 2020-12-10
Appears in Collections:FACISA - Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - PARTICIPAÇÃO NAS TAREFAS DOMÉSTICAS E BARREIRAS.pdf
Restricted Access Until 2020-12-09
Participação nas Tarefas domésticas e barreiras ambientais de crianças e adolescentes com deficiência física1.18 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.