Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5269
Title: O desenvolvimento do Comportamento Adaptativo em crianças com microcefalia por Zika vírus
Authors: Alves, Jádilla Natuana dos Santos
Keywords: Microcefalia;Zika vírus;Desenvolvimento Infantil;Perímetro Cefálico;Microcephaly;Delay in development;Cephalic perimeter
Issue Date: 13-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ALVES, Jádilla Natuana dos Santos. O desenvolvimento do Comportamento Adaptativo em crianças com microcefalia por Zika vírua. 2017. 39 f. Artigo Científico (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2017.
Portuguese Abstract: Objetivo: Avaliar o desenvolvimento do Comportamento Adaptativo de crianças com Microcefalia por Zika Vírus. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal, analítico, desenvolvido a partir da análise dos dados antropométricos do nascimento, reavaliados no dia da avaliação, e aplicação da Comportamento Adaptativo, pela Escala de Bayley III para avaliação do desenvolvimento infantil. A amostragem foi composta por 8 crianças com diagnóstico confirmado de microcefalia por Zika Vírus da 5ª região de saúde do Rio Grande do Norte, das quais 6 são do sexo feminino e 2 do sexo masculino. Resultados: Observou-se que todas as crianças da amostra apresentam atraso no desenvolvimento do Comportamento Adaptativo, devido terem ficado abaixo da média esperada para a idade. De acordo com a análise comparativa dos dados da amostragem com o Cartão de Saúde da Criança (P50), as crianças de ambos os sexos também estão com algumas das variáveis do peso, estatura e perímetro cefálico abaixo da média esperada. Considerações finais: Tendo em vista as alterações observadas no presente estudo, observa-se a necessidade de maior capacitação de profissionais da saúde que atuam nos diversos atrasos que crianças com esse diagnóstico podem desenvolver, para assim, obter melhores resultados.
Abstract: Objective: To evaluate the development of Adaptive Behavior of children with Microcephaly by Zika Víruse. Methodology: This is a cross-sectional, analytical study, developed from the analysis of anthropometric data of the birth, reassessed without evaluation, and application of Adaptive Behavior, by the Bayley III Scale to assess child development. Sampling was composed of 8 children with confirmed diagnosis of microcephalus by Zika Virus of the 5th health region of Rio Grande do Norte, where 6 are female and 2 male. Results: It was observed that all children in the test were sent for delay in the development of Adaptive Behavior, due to being below the expected average for the age. According to a comparative analysis of the sample data with the Child Health Card (P50), as children of both sexes also have the best variables of weight, height and cephalic perimeter below the expected average. Final considerations: Considering the association observed in the present study, it is observed the need for a greater capacity of health professionals who act on the various delays that children with this diagnosis can develop, in order to obtain better results.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5269
Other Identifiers: 2013054450
metadata.dc.description.embargo: 2020-12-08
Appears in Collections:FACISA - Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O DESENVOLVIMENTO DO COMPORTAMENTO ADAPTATIVO EM CRIANÇAS COM MICROCAFALIA POR ZIKA VÍRUS.pdf
Restricted Access Until 2020-12-07
1.15 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.