Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5247
Title: Gestão ambiental no turismo: uma análise dos impactos ambientais nos atrativos turísticos naturais de Baía Formosa/RN
Authors: Soares, Amanda Mirely Cipriano
Keywords: Gestão ambiental;Atrativos turísticos naturais;Ecoturismo
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOARES, Amanda Mirely Cipriano. Gestão ambiental no turismo: uma análise dos impactos ambientais nos atrativos turísticos naturais de Baía Formosa/RN. 2013. 82f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo), Departamento de Turismo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: A Gestão ambiental voltada para os atrativos turísticos naturais vem se tornando uma estratégia muito promissora para o mercado turístico, pois além de presar pela conservação dos recursos naturais, proporciona mais competitividade e maiores retornos econômicos aos destinos turísticos. Diante dessa perspectiva, o objetivo dessa pesquisa é analisar os impactos ambientais nos atrativos turísticos naturais do município de Baía Formosa/RN. Em relação à metodologia, a pesquisa apresenta uma abordagem qualiquantitativa, onde seu objetivo é de caráter descritivo-exploratório, pois buscou explorar, descrever e quantificar informações relacionadas à gestão ambiental de atrativos turísticos naturais do município estudado, bem como analisou-se os impactos ambientais existentes nesses ambientes, a partir da colaboração do gestor ambiental, residentes e alguns turistas. Na análise dos resultados, verificou-se que as políticas ambientais do município voltadas para os atrativos turísticos naturais são recentes, a mais antiga possui apenas três anos de existência. Constatou-se também que existem doze atrativos naturais de uso turístico na localidade, e o atrativo que apresenta melhor estado de conservação é a Mata Estrela, já o menos conservado é a praia do Porto. Para manter os atrativos naturais mais preservados e conservados é necessário mais educação ambiental, alocar placas informativas, fiscalizar os atrativos, efetivar leis ambientais, alocar lixeiras, sanear e estabelecer outras ações.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5247
Other Identifiers: 2010017218
Appears in Collections:Turismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AmandaMCS_Monografia.pdfTurismo3.84 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.