Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5232
Title: Evolução da temática socioambiental em estudos e pesquisas em turismo: um estudo em teses e dissertações nos Programas de Pós- Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte no período de 2006 a 2012
Authors: Costa, Juliana Rodrigues da
Keywords: Educação;Turismo;Impacto socioambiental;UFRN;Rio Grande do Norte
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Jualiana Rodrigues da. Evolução da temática socioambiental em estudos e pesquisas em turismo: um estudo em teses e dissertações nos Programas de Pós- Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte no período de 2006 a 2012. 2013. 159f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo), Departamento de Turismo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: A temática socioambiental tem evoluído nos últimos anos em pesquisas como teses e dissertações na academia de uma maneira particular no turismo, gerando por isso a possibilidade de realizar um trabalho sobre o estado atual de suas respectivas pesquisa. Nesta perspectiva, o objetivo desta pesquisa foi analisar de que forma a produção científica dos programas de pós-graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, cujo objeto de estudo é o turismo e os impactos socioambientais, têm evoluído no período de 2006 a 2012. A metodologia teve abordagem qualitativa com uso bibliográfico e foco no contexto das pesquisas realizadas nos Programas de Pós-Graduação. Os dados que fundamentam a análise foram gerados através de formulários semiestruturados e instrumentos de entrevista que propõem o uso da análise de conteúdo. Os resultados apontam a maior utilização de referências nacionais, com a predominância dos estudos no PPGTUR e PPGGEO, utilizando-se de abordagem quali-quanti, visão crítica e análise estatística, onde se confirma a necessidade de mais projetos de pesquisa e extensão. A análise dos dados revelou as contribuições de ordem estruturada para resolver osproblemas internos das localidades. As limitações foram de ordem financeira, estrutural, técnica ou teórica, onde se observa que no período compreendido de 2006 a 2009 inicia-se o processo de introdução do conceito de gestão ambiental, em relação ao meio social, pois nas pesquisas observa-se a falta de conhecimento em relação ao próprio conceito de meio ambiente. Os estudos realizados a partir de 2009 iniciam o uso de aspectos quantitativos, média, tabelas. Em 2010, as pesquisas demonstraram uma maior capacidade crítica em relação aos problemas gerados por essas interações entre autóctones, turistas e os seus impactos, haja vista o surgimento de novas ferramentas para o cruzamento de informações. A partir de 2011-2012, a cobrança por melhorias aos agentes produtores é mais organizada e geradora de conhecimento, em decorrência de uma maior participação no desenvolvimento da atividade, com as técnicas de geoprocessamento e novos softwares. Por fim, sugere-se a continuidade de pesquisas sobre a temática, no sentido de propagar e propiciar uma maior visibilidade, de forma que incentive a criação de mais projetos dentro da instituição e adaptação dos existentes para uma maior preservação do meio ambiente utilizado pela sociedade.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5232
Other Identifiers: 2009012313
Appears in Collections:Turismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JulianaRC_Monografia.pdfTurismo1.61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.