Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5182
Title: A zumba pode melhorar a dor e a capacidade funcional em mulheres com fibromialgia
Other Titles: Zumba dancing can improve the pain and functional capacity in women with fibromyalgia
Authors: Assunção Júnior, José Cortez
Keywords: Terapia através da Dança;Fibromialgia;Zumba
Issue Date: 27-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ASSUNÇÃO JÚNIOR, José Cortez. A Zumba pode melhorar a dor e a capacidade funcional em mulheres com fibromialgia. 2017. 46f. Artigo Científico (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2017.
Portuguese Abstract: Introdução: A importância do exercício físico para pacientes com fibromialgia (FM) encontra-se bem clara na literatura. A dança é um tipo de exercício aeróbio que possui grande aceitação. Além dos efeitos benéficos do exercício aeróbio, a zumba trabalha a coordenação motora e também a parte social que deve ser incluída em pacientes com fibromialgia. Objetivos: avaliar a efetividade da dança zumba na melhora da dor, da capacidade funcional, da qualidade do sono e da qualidade de vida de mulheres com fibromialgia. Desenho do estudo: Estudo quase-experimental. Métodos: Foram avaliadas 19 mulheres com fibromialgia, selecionadas por conveniência. Os dados foram coletados no segundo semestre de 2016. A dança zumba foi realizada duas vezes por semana durante 12 semanas. As pacientes foram avaliadas na semana 0 (T0) e na semana 12 (T12), através dos seguintes instrumentos: EVA (Escala Visual Analógica de Dor), Escala do tipo Likert, TUG (Timed Up an Go Test), TC6min (Teste de caminhada de 6 minutos), FIQ (Questionário de Impacto da Fibromialgia), PSQI-BR (Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh versão em português do Brasil), ESS-BR (Escala de Sonolência de Epworth versão em português do Brasil) e questionário de qualidade de vida SF-36 (Short Form 36). Resultados: Foram encontradas diferenças na dor segundo a escala EVA (T0 = 6,21 e T12 = 4,53) com p = 0,001 e no domínio capacidade funcional do SF-36 (T0 = 42,37 e T12 = 52,11) com p = 0,04. Nas outras variáveis, não houveram diferenças significativas. Conclusão: A dança zumba como uma forma de tratamento por três meses para pacientes com fibromialgia, foi efetiva na melhora da dor e da função física. Futuros ensaios clínicos controlados e randomizados devem ser realizados a fim de melhorar as evidências de tratamento da dança zumba em mulheres com fibromialgia.
Abstract: Introduction: The importance of physical exercise for patients with fibromyalgia (FM) is very clear in the literature. Dancing is a type of aerobic exercise that has great acceptance. In addition to the beneficial effects of aerobic exercise, Zumba works on motor coordination and also has socializing as a part that should be included in patients with fibromyalgia. Objectives: To evaluate the effectiveness of Zumba dancing in improving pain, functional capacity, quality of sleep and quality of life of women with fibromyalgia. Design: A pre-post treatment design. Methods: We evaluated 19 women with fibromyalgia, selected by convenience. Data were collected in the second half of 2016. Zumba dancing was performed twice a week for 12 weeks. Patients were evaluated at week 0 (T0) and at week 12 (T12), by the following instruments: VAS (Visual Analogic Scale), Likert Scale, TUG (Timed Up an Go Test), 6MWT (Six-minute Walk Test), FIQ (Fibromyalgia Impact Questionnaire), PSQI (Pittsburgh Sleep Quality Index), ESS (Epworth Sleepiness Scale) and SF-36 quality of life. Results: We found differences in pain (VAST0 ¼ 6.21 and VAST12 ¼ 4.53) with p ¼ 0.001 and in the domain physical functioning of SF36 (T0 ¼ 42.37 and T12 ¼ 52.11) with p ¼ 0.04. No differences were found for the other variables between the times. Conclusion: Zumba dancing as a form of treatment for three months for patients with fibromyalgia was effective in improving pain and physical functioning. Future controlled and randomized clinical trials should be performed to improve the evidence of Zumba dancing in women with fibromyalgia.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5182
Other Identifiers: 2013045854
2013050569
metadata.dc.description.embargo: 2018-09-18
Appears in Collections:FACISA - Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ZumbaMelhorarDor_AssunçãoJunior_2017pdfTrabalho de Conclusão de Curso (Artigo Principal)3,16 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons