Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5132
Title: Aspectos clínicos e nutricionais de pessoas com síndrome de Down: uma revisão de literatura
Authors: Nóbrega, Polyana Albano
Keywords: síndrome de Down; trissomia do cromossomo 21; fisiopatologias na síndrome de Down; estado nutricional; cuidado nutricional; antropometria; consumo alimentar; exames laboratoriais; semiologia.;Down syndrome; chromosome 21 trisomy; Down pathophysiology; nutritional status; nutritional care; anthropometry; food consumption; laboratory tests; semiology.
Issue Date: 14-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: NÓBREGA, Polyana Albano. Aspectos clínicos e nutricionais de pessoas com síndrome de Down: uma revisão de literatura. 2017. 40f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) – Curso de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A síndrome de Down (SD) é uma condição genética caracterizada pela presença de uma cópia extra do cromossomo 21 nas células do indivíduo. Essa condição leva ao indivíduo a apresentar uma série de características específicas, onde o acompanhamento nutricional mostra-se como uma das principais ferramentas de auxílio na qualidade de vida desse portador. Em virtude do aumento na oferta de serviços voltados a essa população, a expectativa de vida das pessoas com SD tem aumentado de forma considerável nos últimos anos. Entretanto, a inexistência de alguns parâmetros de avaliação nutricional específicos para esse grupo dificulta a avaliação e a intervenção nutricional adequada a essas pessoas. Com isso, o objetivo do presente estudo foi, por meio de uma revisão de literatura, descrever os principais problemas de saúde e distúrbios nutricionais que acometem pessoas com SD, como déficit mental, alterações no processo de crescimento, cardiopatias, problemas relacionados à alimentação, infecções e doenças autoimunes, distúrbios da tireoide, envelhecimento precoce, incapacidade física e excesso de peso. Identificando também as ferramentas de avaliação nutricional mais apropriadas para este grupo populacional, como o uso de curvas de crescimento específicas. Pôde-se concluir que em virtude de uma maior predisposição genética, o indivíduo com SD torna-se mais vulnerável ao surgimento de problemas de saúde e distúrbios nutricionais. É importante ressaltar que novas curvas de crescimento específicas para este grupo já foram estabelecidas, juntamente com as primeiras curvas específicas de IMC para idade. Porém, faz-se necessário o estabelecimento de pontos de corte para dobras cutâneas e perímetros corporais, assim como critérios diagnósticos de exames laboratoriais específicos e validação de um instrumento de avaliação do consumo alimentar para este grupo. Onde, juntamente aos demais parâmetros de avaliação nutricional poderão auxiliar os profissionais a estabelecer o diagnóstico nutricional desses indivíduos de forma mais precisa, para que possam intervir com uma terapia nutricional mais adequada.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5132
Other Identifiers: 2013086928
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aspectosclínicosnutricionais_2017_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo1.08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.