Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5117
Title: Corantes azo: características gerais, aplicações e toxicidade
Authors: Câmara, Arthur Medeiros
Keywords: Corantes sintéticos. Propriedades químicas. Toxicologia. Tecnologia de alimentos. Agência Nacional de Vigilância Sanitária.
Issue Date: 14-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CÂMARA, Arthur Medeiros. Corantes azo: características gerais, aplicações e toxicidade. 2017. 60f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Curso de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este trabalho teve como objetivo apresentar as características gerais, propriedades químicas, aplicações e toxicologia dos corantes alimentícios da classe azo permitidos no Brasil. Para isso, executou-se uma busca por informações nos bancos de dados Science Direct, Jstor, Scielo, Pub Med, Springer e Wiley Online Library quanto ao histórico, à estrutura molecular, síntese, e toxicologia dessa classe de aditivos, bem como sobre cada um dos compostos em uso no país. A literatura discorre sobre os atributos tecnológicos dessas substâncias, como facilidade nos processos de produção e resistência à degradação, o que incitou a adesão generalizada pela indústria de alimentos a partir do século XX. Ainda, evidencia-se a aplicação desses compostos em diversos produtos. Entretanto, estudos toxicológicos apontam efeitos negativos do consumo e exposição crônica ou aguda, tais como genotoxicidade, interações com moléculas sanguíneas, mudanças comportamentais, prejuízo na divisão celular, distúrbios hormonais, entre outros. Os dados da literatura mostram que, a toxicidade é majoritariamente determinada pelas aminas aromáticas, compostos oriundos da degradação (azorredução) dos corantes desse grupo. Pondera-se que, para algumas dessas substâncias, há poucos estudos atuais, como também faltam normas precisas quanto à aplicação em indústrias alimentícias no Brasil. Então, conclui-se que a adoção de corantes artificiais, como os compostos azo, é importante para o processamento de alimentos, mas pode trazer risco à saúde. Sendo relevante considerar a necessidade de mais estudos toxicológicos para melhorar a regulamentação desses aditivos. E, também, apoio à utilização de pigmentos naturais, por seus valores biológicos e ausência de malefícios à saúde.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5117
Other Identifiers: 2012955111
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Corantesazocaracterísticas_2017_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo980.53 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.