Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5104
Title: Estudo comparativo do comprometimento organizacional dos servidores e chefes de secretaria do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte
Authors: Carvalho, Tainara Celi Azevedo de
Keywords: Comprometimento organizacional;EBACO;Poder judiciário
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CARVALHO, Tainara Celi Azevedo de. Estudo comparativo do comprometimento organizacional dos servidores e chefes de secretaria do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. 2017. 68f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração), Departamento de Ciências Administrativas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este trabalho objetivou avaliar e comparar o nível de comprometimento organizacional entre os servidores e os chefes de secretaria do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, órgão componente do Poder Judiciário. A pesquisa adota a perspectiva de estudo de caso, visto que estuda a realidade da instituição, e se caracteriza como exploratória e descritiva no tocante aos seus objetivos. Para analisar os tipos e os níveis de comprometimento presentes na instituição, a Escala de Bases do Comprometimento Organizacional – EBACO, construída por Medeiros (2003), foi aplicada com 150 chefes de secretaria e 922 servidores. O nível de comprometimento organizacional foi mensurado por meio do enquadramento dos escores de cada base de comprometimento nos intervalos propostos por Bastos et al. (2008). Os resultados encontrados mostram poucas diferenças entre os chefes e os servidores em relação aos níveis e o tipo de comprometimento predominante. Constatou-se que a base afiliativa predominou tanto entre os chefes quanto entre os servidores, apresentando um baixo comprometimento. Observou-se que, entre os chefes e servidores, as bases afetiva e linha consistente de atividade resultaram em um comprometimento abaixo da média e as bases obrigação em permanecer, afiliativa e escassez de alternativas apontaram um resultado de baixo comprometimento. Ao analisar as bases do comprometimento organizacional em relação ao tempo de serviço, verificou-se que base afetiva obteve um resultado de comprometimento acima da média entre os servidores que tem até 5 anos de tempo de serviço e entre os servidores com mais de 20 anos de tempo de serviço, em contraposição aos chefes, que obtiveram esse resultado no intervalo de 16 a 20 anos de tempo de serviço no tribunal. Conclui-se que a instituição apresenta um quadro preocupante em termos de gestão de pessoas, refletindo a necessidade de um estudo aprofundado acerca dos impactos do comprometimento sob os índices de produtividade da força de trabalho do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5104
Other Identifiers: 2013036514
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TainaraCAC_Monografia.pdfAdministração 881.12 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.