Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5053
Title: Qualidade de vida no trabalho dos agentes penitenciários: um estudo de caso no Presidio Estadual de Alcaçuz-RN
Authors: Medeiros, Joerbesson Macedo
Keywords: Qualidade de vida no trabalho;Gestão de pessoas;Trabalho do agente penitenciário;Alcaçuz
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Joerbesson Macedo. Qualidade de vida no trabalho dos agentes penitenciários: um estudo de caso no Presidio Estadual de Alcaçuz-RN. 2016. 112f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração), Departamento de Ciências Administrativas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Esta pesquisa tem como objetivo avaliar a qualidade de vida no trabalho dos servidores agentes penitenciários do Estado do Rio Grande do Norte no complexo do Presídio Estadual de Alcaçuz – Nísia Floresta. A escolha do tema da pesquisa justifica-se por ele ser de fundamental importância para qualquer instituição que busque a satisfação, o desenvolvimento e a produtividade de seus funcionários em relação à gestão de pessoas. Este trabalho se caracteriza como uma pesquisa descritiva, cujo método foi quantitativo, tendo como técnica de coleta de dados o questionário aplicado aos servidores da instituição. O modelo teórico utilizado foi o de Richard Walton. Os resultados apontaram para um nível elevado de insatisfação, tendo os critérios em relação à compensação justa e adequada, a relação das condições de trabalho, a relação das oportunidades no trabalho, o uso das capacidades no trabalho e a relação que o trabalho ocupa na vida obtiveram um alto nível de insatisfação. O respeito às leis no trabalho obteve um grau de insatisfação relativamente menor do que outros critérios que foram totalmente insatisfeitos. Já, a integração social no ambiente de trabalho obteve um grau positivo de satisfação. E o critério de importância social do trabalho obteve um índice de insatisfação, porém o quesito orgulho da profissão obteve um índice elevado de satisfação para aqueles que desempenham suas funções no Complexo Penal de Alcaçuz.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5053
Other Identifiers: 2010014170
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
QualidadeDeVida_Medeiros_2016.pdfAdministração3.23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.