Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4775
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFerreira, Lissa Valéria Fernandes-
dc.contributor.authorFloro, Vanessa Guimarães-
dc.date.accessioned2017-09-21T12:41:20Z-
dc.date.available2017-09-21T12:41:20Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier2011028620pr_BR
dc.identifier.citationFLORO, Vanessa Guimarães. Modelo irridex de doxey: percepção dos moradores de Nísia Floresta/RN e o desenvolvimento do turismo local. 2014. 60f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo), Departamento de Turismo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4775-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectTurismopr_BR
dc.subjectImpactospr_BR
dc.subjectComportamentopr_BR
dc.subjectAutóctonespr_BR
dc.titleModelo irridex de doxey: percepção dos moradores de Nísia Floresta/RN e o desenvolvimento do turismo localpr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Porto, Carlos Humberto-
dc.contributor.referees2Senna Junior, Otávio-
dc.description.resumoO trabalho em destaque objetiva analisar a percepção dos moradores do município de Nísia Floresta, situado no estado do Rio Grande do Norte, em relação ao turismo desenvolvido na localidade, tendo como base o Modelo Irridex de Doxey. Para tanto, faz-se necessário entender primeiramente os impactos advindos do turismo, as necessidades que turistas e visitantes tem ao se estabelecer essa relação de troca e como a hospitalidade se encaixa nos contextos contemporâneos. O trabalho desenvolvido é de caráter descritivo-exploratório, foi realizado com base em pesquisas bibliográficas e coleta de dados. Possui natureza quantitativa pois a coleta de dados foi realizada através da aplicação de 100 questionários com perguntas fechadas. Tais perguntas tinham como intuito apresentar uma caracterização sociodemográfica dos residentes que compuseram a amostra, a verificação da irritação/satisfação dos autóctones com relação à atividade turística e os impactos remanescentes dela, e a identificação da fase comportamental de acordo com o modelo já citado de Doxey. Dentre às principais conclusões, o estudo apontou que os moradores de Nísia Floresta já vêm sentido e identificando os impactos trazidos pelo turismo, porém não foi observada nenhuma repulsa aos visitantes, já que há uma percepção dos benefícios comerciais que o turismo pode atrair para a localidade. Possibilitando assim a identificação da fase comportamental, ou índice de irritação, de acordo com o instrumento de mensuração, Irridex.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentTurismopr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
Appears in Collections:Turismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VanessaGF_Monografia.pdfTurismo1.31 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.