Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4704
Title: Amanhã vai ser outro dia: demandas, limites e estratégias do fazer profissional dos assistentes sociais na assistência estudantil da UFRN
Authors: Silva, Maria Aparecida do Nascimento
Keywords: Serviço Social;Fazer profissional;Assistência estudantil;Educação
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Maria Aparecida do Nascimento. Amanhã vai ser outro dia: demandas, limites e estratégias do fazer profissional dos assistentes sociais na assistência estudantil da UFRN. 2017. 98f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O presente trabalho trata do fazer profissional dos assistentes sociais (particularmente dos profissionais técnicos) que atuam na assistência estudantil no âmbito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Analisamos as demandas, limites e estratégias dos assistentes sociais frente à efetivação de direitos dos usuários da assistência estudantil da UFRN. Demarcamos o entendimento de que as mudanças no mundo do trabalho e apogeu do neoliberalismo trazem rebatimentos ao cotidiano profissional dos assistentes sociais, enquanto pertencentes à classe trabalhadora, ao mesmo tempo em que afetam a vida dos usuários dos serviços em função do agravamento da questão social que produz demandas a esses profissionais. A própria expansão da educação superior no Brasil através da criação e aplicação de recursos do REUNI, estende as possibilidades de acesso dos estudantes advindos das classes mais subalternizadas da sociedade ao ensino superior. Contudo, esses estudantes trazem consigo as mazelas da pauperização que ficam nítidas nas dificuldades de permanência nas instituições de ensino, sobretudo por serem oriundos da classe que vive do trabalho. A metodologia utilizada fundamentou-se em pesquisa bibliográfica e de campo, revisitando a literatura que abrange a temática estudada e aplicação de questionários com assistentes sociais da PROAE/CAPAP. As informações analisadas no decorrer do desenvolvimento da pesquisa demonstram a importância do fazer profissional dos assistentes sociais na assistência aos usuários da assistência estudantil, bem como os desafios enfrentados que trazem rebatimentos ao seu cotidiano.Ora, visando o enfrentamento aos limites colocados pelo cotidiano profissional, as assistentes sociais da PROAE buscam elaborar estratégias que visam efetivar os direitos dos estudantes em consonância com a orientação do projeto ético político da profissão nesse espaço sócio ocupacional.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4704
Other Identifiers: 2013036102
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaANS_Monografia.pdfServiço Social1.71 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.