Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4700
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlmeida, Jussara Keilla Batista do Nascimento-
dc.contributor.authorSoares, Kássia Borges-
dc.date.accessioned2017-08-31T13:12:42Z-
dc.date.available2017-08-31T13:12:42Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier2012961066pr_BR
dc.identifier.citationSOARES, Kássia Borges. O serviço social e a defesa do direito a convivência familiar e comunitária em casos de alienação parental. 2017. 55f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4700-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectServiço Socialpr_BR
dc.subjectAlienação parentalpr_BR
dc.subjectConvivência familiar e comunitáriapr_BR
dc.titleO serviço social e a defesa do direito a convivência familiar e comunitária em casos de alienação parentalpr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Freire, Anna Luiza Lopes Liberato Alexandre-
dc.contributor.referees2Araújo, Elizângela Cardoso de-
dc.description.resumoO presente trabalho de conclusão de curso propõe uma reflexão sobre a atuação do assistente social, mais especificamente na garantia ao direito à convivência familiar e comunitária em casos de alienação parental, entendendo a mesma, enquanto violação do direito a Convivência Familiar e Comunitária, ademais, propõe-se analisar avanços, limites, técnicas de abordagem, dentre outros aspectos do Serviço Social inserido nesse contexto. Indagar como se dá a defesa e a garantia do direito de crianças e adolescentes a Convivência Familiar e Comunitária em casos de alienação parental assim como, aferir acerca da inserção da profissão na área sociojurídica. Para tanto, o presente trabalho será norteado por pesquisa do tipo bibliográfica e documental utilizando leituras de artigos, livros, além de outros trabalhos de Conclusão de Curso nas áreas do Direito, Psicologia Social e Serviço Social e complementadas pela legislação específica sobre a Alienação Parental e do Direito à Convivência Familiar e Comunitária. Ainda que seja um tema cada vez mais frequente nos juízos de família e amplamente discutido entre profissionais do direito, da psicologia e do serviço social, no Brasil, a alienação parental passou a ser comumente citada e debatida a partir do ano de 2006, conforme Sousa (2009), quando estudos sobre essa temática começaram a adquirir visibilidade no país. Considerando a seriedade do assunto, uma vez que, interfere na formação psicossocial de crianças e adolescentes torna-se importante o aprofundamento e o debate acerca da temática. Diante disto, no decorrer deste trabalho busca-se refletir sobre os avanços, limites, técnicas de abordagem que visam a defesa e a garantia do direito de crianças e adolescentes a Convivência Familiar e Comunitária em casos de alienação parental, dentre outros aspectos do Serviço Social inserido nesse contexto.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentServiço Socialpr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KássiaBS_Monografia.pdfServiço Social1.36 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.