Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4697
Title: A identidade profissional do/a assistente social na saúde: os desafios para a prática profissional
Authors: Silva, Joanielly Kelly da
Keywords: Serviço Social;Identidade e imagem profissional;Projeto ético político;Saúde
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Joanielly Kelly da. A identidade profissional do/a assistente social na saúde: os desafios para a prática profissional. 2017. 100f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este trabalho de conclusão de curso investiga quais os aspectos da prática do/da assistente social na saúde que determinam e conformam a sua identidade profissional abordando aspectos relacionados ao cotidiano de trabalho do/da profissional. Com o foco específico em sua inserção no campo sócio ocupacional da saúde, problematizando os desafios e obstáculos que se apresentam aos/as assistentes sociais na operacionalização da sua prática na sua relação com os usuários, como também com os demais profissionais. A pesquisa bibliográfica realizada sobre a prática profissional buscou encontrar aspectos que nos ajudassem a compreender a identidade da profissão, analisando também a imagem do trabalho do Serviço Social. Para isso foi necessária uma análise da trajetória do Serviço Social no Brasil e as suas contribuições para o campo da saúde apresentando os principais fatos históricos e conceitos teóricos determinantes na construção da sua identidade. A experiência de Estágio em Serviço Social na área da saúde, juntamente com dados de pesquisa realizada, em outro momento da graduação, na atenção básica de saúde, constituíram o campo empírico utilizado para tecer as reflexões e os questionamentos que levaram a construção deste estudo. Utilizamos ainda o instrumento da entrevista com assistentes sociais trabalhando em instituições distintas na área da saúde para identificar os aspectos relativos à sua autoimagem, aos desafios e possibilidades para a prática profissional. Assim foi possível observar que através da trajetória do amadurecimento intelectual da profissão, historicamente construídos em um processo dialético, são formados os aspectos que caracterizam e conformam a identidade do/a assistente social, em qualquer campo de sua inserção profissional, não somente na saúde. Mesmo inserido na sociabilidade capitalista, a qual as suas relações levam ao enfraquecimento desta identidade isso, entretanto, não significa a sua crise ou inviabilidade, mas sim, exige da categoria uma forte organização política, para fortalecer e perpetuar o processo dialético de sua construção, expresso em seu projeto ético político profissional.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4697
Other Identifiers: 2013075156
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JoaniellyKS_Monografia.pdfServiço Social1.32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.