Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4663
Título: Assessoria/consultoria como possibilidade de educação permanente no exercício profissional do assistente social: analise de uma experiência
Autor(es): Oliveira, Maria Angélica Barbosa Marinho de
Palavras-chave: Assessoria/consultoria;Educação permanente;Trabalho profissional
Data do documento: 2016
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: OLIVEIRA, Maria Angélica Barbosa Marinho de. Assessoria/consultoria como possibilidade de educação permanente no exercício profissional do assistente social: analise de uma experiência. 2016. 69f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: O presente trabalho se insere no debate da Assessoria/consultoria em Serviço Social, na perspectiva de qualificação profissional, na melhoria dos serviços prestados aos usuários na direção do Projeto Ético Político do Serviço Social. A discussão é fomentada no estudo da Assessoria/consultoria e Educação Permanente e seus aspectos contemporâneos, a partir da globalização, reestruturação produtiva e institucionalização dos movimentos sociais. Esses processos propiciaram grandes transformações no relacionamento da sociedade civil e do Estado e geraram novas demandas e necessidades a serem atendidas pelo profissional de Serviço Social. Tem como objetivo contribuir com as reflexões sobre Assessoria/consultoria como possibilidade de Educação Permanente no Serviço Social, no tocante da verificação da importância da qualificação e da Educação Permanente, na concretização do exercício profissional na direção do Projeto Ético Político do Serviço Social na contemporaneidade e da importância do planejamento para a qualificação dos serviços prestados aos usuários do Serviço Social. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com procedimentos metodológicos de análise fundamentados na perspectiva do materialismo histórico dialético, na revisão bibliográfica e documental, em três entrevistas com assistentes sociais de Instituição Federal de ensino e na observação participante da implementação do projeto de intervenção do estágio curricular obrigatório no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – Campus Natal - Central. A investigação evidencia a conjuntura de desafios na continuidade da formação profissional para além da academia, a necessidade de instrumentos que facilitem a efetivação da Educação Permanente no exercício profissional, com o distanciamento necessário da imediaticidade do cotidiano, para uma reflexão crítica da prática profissional pelos assistentes sociais. Conclui-se a partir da analise da implementação do projeto de intervenção do estágio curricular obrigatório, que a Assessoria/consultoria na perspectiva de qualificação profissional pode ganhar caráter de processo voltado à Educação Permanente do assistente social no exercício profissional e, por conseguinte o planejamento das ações possibilita a melhoria dos serviços prestados aos usuários na direção do Projeto Ético Político do Serviço Social.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4663
Outros identificadores: 2013036603
Aparece nas coleções:Serviço Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariaABM_Monografia.pdfServiço Social 1,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.