Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4651
Title: Entre autonomia relativa e subordinação profissional: discutindo a dimensão técnico-operativa do Serviço Social no Hospital Dr. José Pedro Bezerra (Natal/RN)
Authors: Ferreira, Aline Alves
Keywords: Serviço Social;Dimensão técnico-operativa;Autonomia relativa;Subordinação profissional;Hospital Dr. José Pedro Bezerra
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERREIRA, Aline Alves. Entre autonomia relativa e subordinação profissional: discutindo a dimensão técnico-operativa do Serviço Social no Hospital Dr. José Pedro Bezerra (Natal/RN). 2016. 71f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Este trabalho busca identificar os limites e possibilidades do cotidiano profissional do assistente social no Hospital Dr. José Pedro Bezerra, examinando a dimensão técnico-operativa do trabalho profissional do Serviço Social, e enfatizando especialmente a relação entre autonomia relativa e subordinação profissional no âmbito do hospital. Para subsidiar a investigação, utilizamos como método de análise o materialismo histórico-dialético. No que concerne à abordagem, a pesquisa é classificada como qualitativa. Já no que diz respeito à modalidade, se caracteriza como uma pesquisa documental e empírica. A coleta de dados foi efetuada em documentos e na vivência de estágio curricular obrigatório no Hospital. O estudo discute a história da saúde pública no Brasil, perpassando o movimento de reforma sanitária e os avanços advindos deste processo. Em seguida, efetua um resgate da profissão de Serviço Social no Brasil, enfatizando a dimensão técnico-operativa e seus dilemas. Os resultados indicam que os principais entraves à atuação profissional, o pragmatismo do cotidiano profissional, expressa em atividades burocráticas e no imediatismo das demandas que provocam uma resposta superficial, a existência de um quadro técnico com poucos profissionais, uma deficitária atualização profissional, pois além da SESAP/RN raramente dispor de cursos de aperfeiçoamento/atualização profissional, o pragmatismo das ações profissionais não incentivam os/as profissionais ao constante aprimoramento intelectual. Apesar disso, não podemos suprimir as conquistas da categoria, sendo elas verificadas nos âmbitos normativo, organizativo e formativo por representarem possibilidades e suporte à atuação e conferirem à prática o direcionamento social construído coletivamente nos frequentes encontros da categoria.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4651
Other Identifiers: 2013034645
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AlineAF_Monografia.pdfServiço Social 1.39 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.