Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4626
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLima, Rita de Lourdes de-
dc.contributor.authorSilva, Angélica da-
dc.date.accessioned2017-08-15T12:57:05Z-
dc.date.available2017-08-15T12:57:05Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier2012961360pr_BR
dc.identifier.citationSILVA, Angelica da. Gênero e diversidade sexual no Plano Municipal de Educação de Natal/RN. 2016. 104f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4626-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectPlano Municipal de Educaçãopr_BR
dc.subjectGêneropr_BR
dc.subjectDiversidadepr_BR
dc.subjectEscolaspr_BR
dc.subjectMachismopr_BR
dc.subjectLgbtfobiapr_BR
dc.titleGênero e diversidade sexual no Plano Municipal de Educação de Natal/RNpr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Silva, Elizângela Cardoso de Araújo-
dc.contributor.referees2Costa, Micaela Alves Rocha da-
dc.description.resumoNesse trabalho, tem-se como objetivo, analisar a discussão de gênero e diversidade sexual no atual Plano Municipal de Educação (PME) do município de Natal/RN. Nele, buscou-se conhecer e analisar o entendimento da sociedade a respeito dos estudos e debate de gênero e da diversidade de orientação sexual nas escolas. Para conhecer o posicionamento dos grupos sociais envolvidos em torno dessa discussão, procurou-se apreender o entendimento acerca da diversidade sexual e de gênero que balizou a construção de metas e estratégias para combate e prevenção ao machismo e homolesbotransfobia; verificar a abordagem dada as dimensões de gênero e diversidade sexual no respectivo plano e identificar as lacunas, os limites e avanços na formulação desse no que concerne a discussão de gênero e diversidade sexual. A pesquisa orientada por um conhecimento teórico- metodológico que concebe a realidade como totalidade complexa, síntese de múltiplas determinações, adotou como procedimentos metodológicos: revisão bibliográfica, análise documental, consulta a websites, páginas e eventos no facebook e participação nas sessões de votação do PME. Observa-se que o PME, em sua redação original, apresentou duas estratégias de enfrentamento ao machismo e lgbtfobia, porém os parlamentares potiguares, em sua maioria, com forte argumento conservador, retiraram do plano quaisquer referências ao termo gênero, orientação sexual e diversidade. Assim, aprovou-se a lei Nº 6.603, em Abril de 2016, que institui o Plano Municipal de Educação de Natal, sem nenhuma referência aos termos citados. A retirada representou um retrocesso imenso no campo educacional. Contudo, o movimento LGBT e os grupos de profissionais de educação progressistas, continuarão seu processo de luta contra o preconceito, discriminação e opressão por questões de gênero e diversidade sexual, pois o “o tempo não para” e sobre o velho, certamente o novo virá.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentServiço Socialpr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AngélicaS_Monografia.pdfServiço Social 1.23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.