Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4618
Title: Atuação dos assistentes sociais frente às condicionalidades do programa Bolsa Família no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)
Authors: Andrade, Maria do Socorro David de
Keywords: Assistência Social;Programa Bolsa Família (PBF);Serviço Social;Condicionalidades
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ANDRADE, Maria do Socorro David de. Atuação dos assistentes sociais frente às condicionalidades do programa Bolsa Família no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). 2016. 97f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: O presente trabalho tem como objetivo realizar uma análise sobre a atuação dos profissionais assistentes sociais frente às condicionalidades do Programa Bolsa Família (PBF) no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Elba Valentim da Rocha na cidade de Montanhas, o CRAS Centro e o CRAS Frei Damião na cidade de Nova Cruz, assim como possibilitar uma reflexão acerca das perspectivas dos usuários frente a essa temática. O Programa Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda do Brasil, mas para permanecer no grupo as famílias devem cumprir as condicionalidades através das parcerias entre as políticas de saúde, educação e assistência social. Diante da estrutura do PBF, as condicionalidades são alvo de muitos debates, em que o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome enxerga como uma oportunidade das famílias a inserção às diferentes políticas, assim como elevar a qualidade de vida das pessoas. Mas para muitas famílias entrevistadas, as condicionalidades não passam de condições que as mesmas devem cumprir para poder permanecer e não ter seu benefício cancelado. Conforme os profissionais entrevistados, alguns enfatizam o trabalho na perspectiva da linha governamental, mas em algumas falas pode-se verificar que argumentam sobre a importância de um trabalho planejado a partir das necessidades dos usuários. Entende-se que as condicionalidades devem ser uma estratégia positiva para as pessoas, mas para isso, as famílias necessitam se sentirem estimuladas a conhecer a sua própria realidade e seus direitos. O trabalho utilizou-se de alguns momentos para realização das entrevistas e acompanhamento nos grupos dos CRAS em que houve a coleta de dados de forma flexível em que tanto os profissionais quanto os usuários analisaram sua própria conjuntura. Esse trabalho é de grande relevância pessoal, pois possibilita contar um pouco da história pessoal e acadêmica.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4618
Other Identifiers: 2012961610
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaSDA_Monografia.pdfServiço Social 891.46 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.