Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4608
Title: Transdiversidade, serviço social e os CREAS em Natal (RN)
Authors: Bento, Daniel da Silva
Keywords: População trans;Assistência social;Proteção social especial;Centro de Referência Especializada de Assistência Social;Serviço Social
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BENTO, Daniel da Silva. Transdiversidade, serviço social e os CREAS em Natal (RN). 2016. 99f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: O presente Trabalho de Conclusão de Curso – TCC tem como objetivo principal de pesquisa conhecer quem é e quais são as demandas da população trans que chegam ao serviço dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS) na cidade de Natal (RN) e como essas instituições têm respondido a essas demandas através da ação do Serviço Social. A população trans refere-se às identidades políticas das travestis, mulheres trans e homens que constituem e são reconhecidas pelo movimento organizado das pessoas trans brasileiro. Propõe-se discutir sobre travestilidade e transexualidade nos marcos das problematizações das relações sociais de gênero, da diversidade de gênero e Transdiversidade. A discussão prisma por realizar um resgate histórico da construção dos sujeitos políticos e do movimento organizado da população trans. Através de sua organização política e inserção no cenário político, esta população tem reivindicado do Estado a satisfação de suas necessidades apresentadas como forma de demandas. Essas demandas se traduzem na luta por políticas públicas de educação, saúde, moradia, trabalho, segurança, assistência social, combate a discriminação e transfobia e a violação de direitos. O objeto de pesquisa redundou sobre a temática das demandas que chegam aos serviços de Proteção Social Especial da Política de Assistência Social do Município de Natal (RN), no âmbito dos CREAS. Desse modo, procura-se: 1) Traçar o perfil da população trans atendidas nos CREAS em Natal; 2) Identificar e analisar as demandas da população trans que chegam aos CREAS em Natal; 3) Reconhecer e analisar as respostas que os CREAS têm dado às demandas apresentadas; e 4) Refletir sobre a relação entre Serviço Social, população trans e Projeto Ético-Político Profissional. Analisa-se o objeto à luz da perspectiva da totalidade, assim leva em consideração os princípios da historicidade, da contradição e particularidades das relações sociais. À guisa de conclusão, depreende-se que há uma subnotificação dos registros das demandas da população trans que são apresentadas aos CREAS, isso contribui para uma permanente invisibilização desse segmento usuário nas políticas públicas, pois a Assistência Social articula-se às demais políticas que constituem a Proteção Social. Verifica-se um despreparo teórico-metodológico, ético-político e técnico-operativo dos profissionais de Serviço Social que realizam atendimento da população em tela e a recebe como demanda.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4608
Other Identifiers: 2012960953
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DanielSB_Monografia.pdfServiço Social 1.17 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.