Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4605
Title: A determinação social da saúde e a intervenção profissional do serviço social à luz dos parâmetros para a atuação de assistentes sociais na política de saúde no ambulatório de transplante renal do HUOL
Authors: Freire, Maria Márcia de Oliveira
Keywords: Determinação social da saúde;Intervenção profissional;Equipe multiprofissional;Insuficiência renal crônica;Condições de vida e trabalho
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FREIRE, Maria Márcia de Oliveira. A determinação social da saúde e a intervenção profissional do serviço social à luz dos parâmetros para a atuação de assistentes sociais na política de saúde no ambulatório de transplante renal do HUOL. 2016. 124f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: O presente Trabalho de Conclusão de Curso tem por objetivo analisar a intervenção da equipe multiprofissional na identificação dos Determinantes Sociais da Saúde que condicionam o processo de adoecimento dos usuários portadores de Insuficiência Renal Crônica (IRC) atendidos no HUOL no intuito de contribuir para a qualificação dos processos de trabalho no ambulatório de TX Renal/HUOL. Esta pesquisa é de natureza quanti-qualitativa, fundamentada no método dialético-crítico, submetida à Análise de Conteúdo. A coleta de dados se deu através da realização de entrevistas do tipo semiestruturadas, por meio da aplicação de um formulário com questões abertas e fechadas com profissionais de saúde vinculados ao Programa de Transplante Renal do HUOL e documental nos prontuários dos usuários pós-transplantados. Os resultados revelam a necessidade de qualificação dos processos de trabalho nesse setor, visto que existem limites no que tange a interação e integração da equipe multiprofissional, o que compromete o desenvolvimento das ações e serviços no ambulatório. Contudo, os resultados também revelam que dentro das suas possibilidades a equipe tem executado um trabalho satisfatório no que diz respeito a identificação dos Determinantes Sociais da Saúde que condicionam o processo de adoecimento dos usuários portadores de IRC. Nessa perspectiva, entende-se que este estudo é de relevância social e acadêmica, pois permite o entendimento da realidade vivenciada pelos profissionais e usuários atendidos no ambulatório de transplante renal do HUOL e, possibilita a compreensão da importância do envolvimento e comprometimento das categorias profissionais nos processos de trabalho, nos espaços de discussão sobre a realidade dos usuários, do planejamento das ações a serem desenvolvidas em todos os níveis de atenção à saúde, entre outras coisas que possibilitam a qualificação dos serviços prestados.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4605
Other Identifiers: 2012961638
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaMOF_Monografia.pdfServiço Social 2,04 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.