Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4589
Title: Lei de Kaldor- Verdoorn: Uma análise da produtividade do trabalho industrial no Brasil de 2002-2016
Authors: Nascimento, Ian Carlos Moreira do
Keywords: Lei de Kaldor-Verdoorn;produtividade;modelo de correção de erros;Kaldor-Verdoorn’s Law;productivity
Issue Date: 27-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: NASCIMENTO, Ian Carlos Moreira do. LEI DE KALDOR- VERDOORN: uma análise da produtividade do trabalho industrial no Brasil de 2002-2016. 2017. 44 f. Monografia (Bacharelado) - Curso de Ciências Econômicas, Economia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O setor industrial deveria ser o setor motor de desenvolvimento e crescimento econômico de uma economia. Para alguns estudiosos, a oração destacada é uma verdade quase que absoluta. Para Kaldor, esse setor seria o responsável pela elevação dos níveis de crescimento e desenvolvimento de uma economia. Se faz necessário, porém, para isso, que o setor apresente determinado dinamismo, que seja capaz de absorver ganhos de produtividade e que apresente economias de escalas, tanto estáticas como dinâmicas. Saber o que levou a um baixo crescimento do Reino Unido, foi o que motivou Kaldor a realizar seu principal estudo e obra. Desse estudo, surgiu o que hoje é conhecido na literatura econômica como Lei de Kaldor-Verdoon. De acordo com Kaldor, a taxa de crescimento da produtividade seria explicada pela taxa de crescimento da produção, e aquele crescimento seria mais que proporcional ao crescimento da produção. O objetivo deste trabalho é verificar a validade da Lei de Kaldor-Verdoorn no período de 2002 a 2016. As variáveis utilizadas são: Produção e Produtividade. Estas variáveis possuem raiz unitária em nível e estacionárias em primeira diferença. O teste de cointegração de Johansen apontou para existência de relação de equilíbrio de longo prazo. Como as séries apresentaram cointegração, estimou-se o modelo de correção de erros. Por fim, para testar a validade, testou-se a existência de causalidade, no sentido de Granger, afim de saber se Produção causa Produtividade, resultado fundamental para saber se a lei é ou não válida para a indústria nacional no período analisado.
Abstract: The industrial sector should be the driving force behind the development and economic growth of an economy." For some researchers, the highlighted passage is almost an absolute truth. For Kaldor, this sector would be responsible for raising the levels of growth and development of an economy. However, in order for this to be true, the mentioned sector must not only present a certain dynamism, that is able to absorb gains of productivity, but also economies of scales, that is, to present static and dynamic characteristics. Knowing what led to a low growth in the United Kingdom motivated Kaldor to carry out his main study and work. From this study, what has become known in the economic literature as the Kaldor-Verdoon Law has emerged. According to Kaldor, the rate of growth of productivity would be explained by the rate of growth of production, and that growth would be more than proportional to the growth of production. The goal of this work is to verify the Kaldor-Verdoorn Law in the period from 2002 to 2017. The variables are: Production and Productivity. As variables, you can use this unit rost in the first category. Johansen's cointegration test pointed to the existence of a long-term equilibrium relationship. As the series presented cointegration, the error correction model is estimated. Lastly, to test the validity, the existence of causality was tested, in the sense of Granger, in order to know if Production causes Productivity, a fundamental result to know if the law is valid or not for the national industry in the analyzed period.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4589
Other Identifiers: 2012037455
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Leikaldor-verdoorn-monografia.pdf913.88 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons