Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4583
Title: “A vida sobre duas rodas”: uma análise dos determinantes socioeconômicos dos acidentados por moto no Complexo Hospitalar Monsenhor Walfredo Gurge
Authors: Costa, Gabriela Silva
Keywords: Determinantes sociais e econômicos;Saúde;Motocicletas
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Gabriela Silva. “A vida sobre duas rodas”: uma análise dos determinantes socioeconômicos dos acidentados por moto no Complexo Hospitalar Monsenhor Walfredo Gurgel. 2015. 84f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Instituída como direito universal a partir da Constituição Federal de 1988 no Brasil, a política de saúde traz dentre os seus principais avanços a própria concepção do conceito de saúde, na qual esta deve ser compreendida como resultado não somente da ausência de doença, mas das condições de vida e de trabalho da população. Desta forma, se faz importante perceber os determinantes sociais e econômicos para uma compreensão crítica e de totalidade dos usuários desses serviços de saúde no nosso país. Nessa perspectiva, o presente trabalho monográfico, é fruto das reflexões acerca do estágio supervisionado em Serviço Social no Complexo Hospitalar Monsenhor Walfredo Gurgel entre o período de agosto de 2014 a junho de 2015, onde foi possível perceber o alto índice de atendimento voltado às vítimas de acidentes de trânsito. O referido hospital é referência no atendimento de urgência e emergência no estado do Rio Grande do Norte e tem como uma de suas principais demandas as vítimas de acidentes ocasionados por veículos de duas rodas – motocicletas. Visto que estes constituem atualmente como um grave problema da saúde pública brasileira, e entendendo o serviço social como profissão capaz de intervir nas diversas expressões da “questão social”, esta pesquisa buscou identificar, compreender e problematizar os determinantes socioeconômicos dos acidentados por moto mediante aplicação de vinte e cinco questionários com os mesmos, e utilização referências bibliográficas e documentais que se fizeram necessárias. Os resultados apontam para um perfil de motociclistas predominantemente masculino, com idades entre 15 e 25 anos, responsáveis pelo sustento da família e residentes nos municípios do interior. Além disso, pôde-se perceber uma maior ocorrência destes acidentes no interior do estado, bem como para uma forte influência de fatores econômicos na escolha por este tipo de veículo, consequência da precária inserção destes sujeitos no mercado de trabalho.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4583
Other Identifiers: 2012960980
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GabrielaSC_Monografia.pdfServiço Social 1,69 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.