Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4557
Title: O trabalho profissional do Serviço Social com a população em situação de rua: uma análise sobre as demandas no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel em Natal/RN
Authors: Leiros, John Lennon Francisco de Morais
Keywords: População em situação de rua;Serviço Social;Saúde pública
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LEIROS, John Lennon Francisco de Morais. O trabalho profissional do serviço social com a população em situação de rua: uma análise sobre as demandas no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel em Natal/RN. 2015. 197f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: O fenômeno população em situação de rua é uma questão global, referente à mundialização econômica, política e social, tendo em vista que se amplia com esse processo. Sendo, por isso, a maior incidência da situação de rua nos grandes centros urbanos. Tanto a crise econômica quanto o modo de sociabilidade produzida no tempo histórico e no espaço contemporâneo, constituem o campo em que se conforma a população de rua no capitalismo. Existem as particularidades desse fenômeno nas distintas localidades, no entanto, não se pode perder de vista a análise mais abrangente sobre a realidade social, assim como as expressões da “questão social” na vida de centenas de pessoas que vivem nas ruas dos grandes centros urbanos. A (in)visibilidade social desses segmentos sociais é uma problemática social e moral objetivas, que atravessa séculos e traz à contemporaneidade, tradições “medievais”. Com o avanço do capitalismo: fome, doenças, violência, falta de acesso aos direitos fundamentais do ser humano e aos serviços sociais, são uma constante, e parecem inexoráveis no modo de produção vigente. As condições de produção acumuladas ao longo da história da humanidade, poderiam proporcionar à população de rua, e a todas as pessoas o mínimo de condições para a reprodução existencial. A saúde dessa população não é uma área temática inédita no âmbito da discussão profissional e acadêmica. No entanto, existe uma lacuna intelectual concernente ao trabalho do/a assistente social com este segmento, em todos os espaços sócio-ocupacionais. E quando se trata do setor de saúde pública, no contexto hospitalar, as formulações e os registros do Serviço Social são ainda menores. Por isso, necessitamos percorrer pela trajetória sócio-histórica desta profissão, conjugando-a aos traços observados nas mediações que acontecem em torno do direito à saúde, o qual, na atualidade, é defendido em uma concepção ampliada pelo Serviço Social, para situarmos a relação com as massas precarizadas e alijadas de direitos. Nosso objetivo é analisar o trabalho com a população em situação de rua no âmbito do Serviço Social, na esfera da saúde pública, a partir de fontes bibliográficas e de uma pesquisa de campo realizada no contexto local, mais precisamente na unidade de trabalho de um complexo hospitalar em Natal/RN, na divisão de Serviço Social e com parte da equipe profissional desse espaço sócio-ocupacional da área de saúde. Este trabalho busca se aproximar da realidade do Serviço Social no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, no atendimento às demandas sociais da população em situação de rua, no contexto institucional hospitalar. Nesta investigação, foi realizado o levantamento de alguns dados sobre as demandas oriundas da população de rua no hospital, em relação aos determinantes sociais dos seus problemas de saúde e das decorrências deles, bem como sobre as mediações acionadas pelo trabalho profissional nesses atendimentos e a direção social da intervenção profissional.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4557
Other Identifiers: 2011044339
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JohnLFML_Monografia.pdfServiço Social 1.96 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.