Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4547
Title: Precarização do trabalho e fiscalização do exercício profissional: desafios para o trabalho dos/as agentes fiscais do CRESS-RN
Authors: Sousa, Débora Cristina Pessoa de
Keywords: Precarização do trabalho;Fiscalização do exercício profissional;Projeto Ético Político do Serviço Social
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUSA, Débora Cristina Pessoa de. Precarização do trabalho e fiscalização do exercício profissional: desafios para o trabalho dos/as agentes fiscais do CRESS-RN. 2015. 73f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Fruto de experiência e aprendizado adquiridos no processo de Estágio curricular obrigatório vivenciado, durante os semestres de 2014.1 e 2014.2, no Conselho Regional de Serviço Social do Rio Grande Norte-CRESS-RN, o presente trabalho monográfico tem como objetivo central analisar as condições de trabalho dos/as agentes fiscais no CRESS-RN e suas implicações para o processo da fiscalização do exercício profissional do/a assistente social. Para tanto, foi realizada revisão de bibliografias e documentos que versam sobre o contexto geral da precarização do mundo do trabalho, sobre o Serviço Social e o Projeto Ético-Político da profissão, como forma de se compreender o processo de precarização das condições de trabalho que atinge o CRESS-RN como um problema que está interligado ao processo geral de precarização do mundo do trabalho que se vivencia na sociedade capitalista contemporânea, e que traz sérias implicações para a profissão de Serviço Social. Foi realizada também pesquisa de campo com as atuais e ex-agentes fiscais do CRESS-RN, na qual se evidenciam diferenciadas interpretações, por parte das entrevistadas, a respeito dos desafios postos à atuação delas e ao processo fiscalizatório, os quais decorrem da escassez dos recursos humanos e materiais que enfrenta o Conselho. Interpretações estas que influenciam em alguma medida nas formas de enfrentamento ou de não enfrentamento desses desafios. A pesquisa evidencia também as especificidades da função de agente fiscal. E na medida em que o Projeto Ético Político da profissão e a Política Nacional de Fiscalização direcionam e fortalecem a profissão de Serviço Social, estes se colocam aqui como elementos de referência para mencionar a importância do reconhecimento e da participação da categoria profissional em sua entidade representativa. Por fim, realizam-se algumas considerações finais, resgatando as principais avaliações contidas nos capítulos, bem como indicando alguns elementos importantes para o contínuo aprofundamento dessa realidade.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4547
Other Identifiers: 2011061750
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DéboraCPS_Monografia.pdfServiço Social 698.39 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.