Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4474
Title: “Não me toque aqui”: Análise da atuação do Sistema de Garantia de Direitos da criança e do adolescente em Natal/RN
Authors: Vilar, Karlla Patrícia Galdino da Silva
Keywords: Violência infanto-juvenil;Crianças e adolescentes;Sistema de garantia de direitos;Redes de proteção;CEDECA – Casa Renascer
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: VILAR, Karlla Patrícia Galdino da Silva. “Não me toque aqui”: Análise da atuação do Sistema de Garantia de Direitos da criança e do adolescente em Natal/RN. 2014. 58f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: O presente estudo monográfico versa sobre a questão da violência cometida contra crianças e adolescentes no tempo presente. Para tanto, esse estudo tem como objetivo geral analisar a articulação da rede de proteção e a efetividade do atendimento das instituições que compõem o Sistema de Garantia de Direitos em Natal/RN. E tem como objetivos específicos: Compreender a concepção de violência contra a criança e o adolescente presentes na sociedade contemporânea; Investigar as formas de encaminhamento da CEDECA – Casa Renascer em dois casos de violência contra a criança e o adolescente descritos no dossiê “infâncias violadas”; e investigar a realidade das vítimas de violência nos dois casos analisados conforme o dossiê “infâncias violadas”. A problemática da violência cometida contra crianças e adolescentes é bem recorrente em nossa sociedade e caracteriza-se como uma das manifestações da questão social mais graves. Ela se manifesta nos mais diversos espaços sociais, atingindo as mais diversas classes sociais. Frente a essa problemática, o poder público buscou articulação com a sociedade civil, no intuito de criar redes de proteção para intervir nos casos de violação infanto-juvenil. Dessa articulação foi criado o Sistema de Garantia de Direitos – SGD que caracteriza-se como uma rede de proteção, na qual vários sujeitos pertencentes ao Estado e a sociedade civil se articulam no sentido de fomentar políticas e ações de proteção integral para crianças e adolescentes. A presente pesquisa foi realizada a partir da análise de dois casos emblemáticos apresentados em dossiê elaborado pelo CEDECA – Casa Renascer caracterizando-se como uma pesquisa documental, e para que ela fosse subsidiada, foi utilizada pesquisa bibliográfica. Pode-se inferir que ainda nos defrontamos com a naturalização do fenômeno da violência na sociedade contemporânea O estudo revelou também que existem várias falhas no processo de intervenção e a falta de comprometimento de alguns órgãos pertencentes a rede, o SGD não estar cumprindo seu papel de proteger integralmente crianças e adolescente. A pesquisa ainda demonstrou que a realidade de vida das vítimas de violência é perpassada por uma série de negação de direitos e de desigualdade.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4474
Other Identifiers: 2011044778
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KarllaPGSV_Monografia.pdfServiço Social 535.37 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.