Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4408
Title: Exercício e formação profissional: relações e implicações para a materialização do projeto ético-político do Serviço Social
Authors: Silva, Lizete Augusta Vidal Pereira Lopes
Keywords: Serviço social;Projeto ético-político;Formação e exercício profissional
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Lizete Augusta Vidal Pereira Lopes. Exercício e formação profissional: relações e implicações para a materialização do projeto ético-político do serviço social. 2014. 74f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014
Portuguese Abstract: Este trabalho repauta a discussão em torno dos limites e possibilidades de materialização do projeto ético-político do Serviço Social brasileiro, a partir da relação estabelecida entre a formação e o exercício profissional, duas dimensões que compõem a totalidade profissional. Esses espaços apresentam possibilidades para a objetivação de distintos projetos, sejam eles profissionais, institucionais, societários e, até, pessoais, requisitando, portanto, que os/as assistentes sociais e estudantes façam as escolhas necessárias para que os princípios do projeto ético-político possam ser materializados, ainda que com limites. Com o objetivo de refletir acerca das reais possibilidades de materialização do projeto ético-político, realizamos uma pesquisa qualitativa, analisando elementos do cotidiano profissional das assistentes sociais que receberam a visita de fiscalização da agente fiscal do CRESS/RN – 14ª Região, durante o ano de 2013. Com base nos relatórios e fichas de fiscalização, além dos registros em caderno de campo da pesquisadora, observamos aspectos referentes ao conhecimento teórico- metodológico, ético-político e jurídico-normativo das profissionais, dimensões que compõem o projeto ético-político do serviço social. Ao longo do trabalho, consideramos as mudanças que ocorrem no plano ideológico, político, social e econômico, engendradas pelo capital e o Mercado de Trabalho no neoliberalismo a partir da década de 1990, cujos rebatimentos atingem a classe trabalhadora e os/as assistentes sociais, objetiva e subjetivamente. Temos, também, que essas transformações rebatem sobre a formação profissional, que volta-se ao atendimento dos interesses desse Mercado, forjando um determinado perfil profissional que opõe-se ao proposto pelo projeto ético-político. Assim, buscamos aqui refletir acerca da realidade encontrada no cotidiano profissional, procurando compreender os fatores que dificultam a materialização desse projeto no exercício profissional, bem como identificar os impactos sobre a formação e o exercício, a partir das análises pautadas na tradição marxista.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4408
Other Identifiers: 2010033205
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LizeteAVPLS_Monografia.pdfServiço Social 525.31 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.