Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4393
Title: Estado social e estado penal: análise das políticas de enfrentamento às drogas no Brasil contemporâneo
Authors: Monte, Angélica Augusta Linhares do
Keywords: Estado;Drogas;Políticas públicas
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MONTE, Angélica Augusta Linhares do. Estado social e estado penal: análise das políticas de enfrentamento às drogas no Brasil contemporâneo. 2013. 73f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: A presente monografia se constitui de um trabalho de pesquisa sobre a questão das drogas e do seu uso pelos sujeitos sociais. Objetiva problematizar a ação do Estado no enfrentamento à problemática da dependência química no contexto de desregulamentação do aparato estatal e de criminalização da pobreza e aprofundamento da questão social. Por se tratar de um fenômeno complexo e contraditório, a questão das drogas, requer a análise para além da imediaticidade do real, apreendendo-a a partir das dimensões econômicas, políticas e culturais que perfazem o desenvolvimento humano e social. No momento contemporâneo as classes trabalhadoras, vivenciam o retrocesso no campo dos direitos, a precarização das relações de trabalho e ainda um incisivo processo de criminalização de suas demandas. Além disso, identifica-se no âmbito do Estado a elaboração de políticas cada vez mais focalistas, seletivas e repressoras, instituindo um verdadeiro Estado Penal. Partiu-se da perspectiva critica da realidade, haja vista, que só mediante a análise da totalidade das relações sociais é possível apreender a dinâmica e contradições que perpassam os determinantes do objeto em foco. O método crítico dialético foi utilizado no decorrer do trabalho, perpassando as reflexões e análises. No que se refere aos caminhos percorridos na pesquisa, foram realizados estudos documentais e bibliográficos sobre a temática supracitada no sentido de aprender a sua essência. Para subsidiar o debate teórico, foram utilizadas elaborações de autores como: Marilda Villela Iamamoto, José Paulo Netto, Elaine Rossetti Behring, Ivanete Boscheti, Cristina Brites, Ivete Simionatto e Potyara Pereira, imprescindíveis ao aprofundamento da temática e desvelamento da realidade. Com efeito, esta pesquisa apresenta resultados reflexivos e críticos sobre a ação do Estado e as ações de enfrentamento às drogas na sociedade contemporânea. Nesse contexto, finaliza-se essa etapa de estudo considerando a importância de realizar uma análise qualificada, destituída de concepções e valorações morais conservadoras, no sentido de desmistificar os estereótipos e preconceitos sobre os usuários e sobre as drogas e da mesma forma, realizar crítica consciente às formas repressivas e criminalizantes instituídas na sociedade.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4393
Other Identifiers: 2010032543
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AngélicaALM_Monografia.pdfServiço Social 859.67 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.