Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4353
Title: Estado, família e Serviço Social: um estudo das relações envolvidas na efetivação da Proteção Social Básica (PSB) em Natal/RN a partir do CRAS Pajuçara
Authors: Carvalho, Giliane Alves de
Keywords: Estado;Família;Proteção Social Básica;Serviço Social
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CARVALHO, Giliane Alves de. Estado, família e Serviço Social: um estudo das relações envolvidas na efetivação da Proteção Social Básica (PSB) em Natal/RN a partir do CRAS Pajuçara. 2013. 91f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: O trabalho de conclusão de curso que apresentamos a seguir se propõe a debater, mediante a centralidade sócio-familiar no âmbito da Política Nacional de Assistência Social, como as demandas das famílias estão sendo atendidas pela Proteção Social Básica do município de Natal/RN, a partir da perspectiva de trabalho adotada pelo Estado, e intervenções dos assistentes sociais, como profissionais que atuam na linha de frente para a operacionalização dos serviços, programas e projetos ofertados em nível de proteção social básica, através do CRAS Pajuçara, localizado neste município. Partindo do pressuposto de que a família precisa da intervenção do Estado para que possa desenvolver suas potencialidades, e assim efetivar sua função social na proteção de seus membros, buscamos através de pesquisa bibliográfica, observação de atendimentos e visitas domiciliares, aplicação de questionário e entrevistas, orientados pelo método histórico dialético, identificar as formas de organização destas na busca por proteção social, os serviços, programas e projetos ofertados pelo CRAS, e as condições de trabalho do Assistente Social para a efetivação das demandas postas nesta instituição. Os resultados obtidos mostraram, através de uma relação direta, a ausência de investimentos do Estado, as dificuldades de efetivação do SUAS em nível local, a culpabilização das famílias no tocante as suas demandas, as dificuldades de operacionalização dos serviços por parte dos Assistentes Sociais, e ainda a busca destes para a efetivação de sua prática em uma perspectiva de superação da responsabilização dos indivíduos e consolidação da Assistência Social na perspectiva de ampliação da cidadania e do direito.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4353
Other Identifiers: 2009027329
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GilianeAC_Monografia.pdfServiço Social 830,69 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.