Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4312
Title: Percepção sobre “saúde” em idosos com doenças cardiovasculares participantes do Projeto Minha Melhor Idade - MMI (UFRN)
Authors: Nascimento, Anna Martha Ribeiro do
Keywords: Idoso;Saúde;Hidroginástica;Qualidade de Vida
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: NASCIMENTO, Anna Martha Ribeiro do. Percepção sobre “saúde” em idosos com doenças cardiovasculares participantes do Projeto Minha Melhor Idade - MMI (UFRN). 2017. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física)-Departamento de Educação Física. Centro de Ciências da Saúde. Universidade Federal do Rio Grande do Norte Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este estudo de caso qualitativo, teve como objetivo descobrir a influência da hidroginástica na percepção de idosos (ativos), portadores de Doenças Cardiovasculares (DCV’s), quanto ao sentimento e entendimento sobre “Saúde”. A amostra foi selecionada de forma não probalistica/intencionalidade, o número de 25 idosos, com média de idade de 70,04 ± 7,73 anos, de ambos os sexos, praticantes de hidroginástica há 3,36 ± 1,26 anos no Projeto de Extensão ‘Minha Melhor Idade’ (MMI). Analisamos a Ficha Diagnóstica do projeto, para extração dos dados: clinicos, pessoais, hábitos de vida, doenças. Aplicamos a Entrevista Semi-Estruturada, com as seguintes indagações sobre: saúde, sentimentos despertados, beneficios a saúde e a qualidade de vida, fatores motivacionais responsáveis pela aderência e adesão à hidroginástica. As respostas foram gravadas, transcritas e interpretadas pelo pesquisador. No resultado referente à análise da Ficha Diagnóstica dos entevistados, constatamos que todos possuem pelo menos uma doença cardiovascular, 100% da amostra apresenta Hipertensão Arterial, embora controlada por medicação. No quesito hábitos de vida, encontramos o cuidado a saúde e bons hábitos de vida em todos os aspectos analisados, exceto no hábito referente ao uso de bebidas alcoólicas. Os resultados da Entrevista Semiestruturada, foram: a adesão a hidroginástica, em 56% dos entrevistados se deu em função da Recomendação Médica à modalidade. A aderência para 64% dos entrevistados, tem a ver com a manutenção da saúde e ter maior disposição no dia-a-dia. O significado de saúde para 60% dos entrevistados seria ter qualidade de vida. Na percepção sobre a sua saúde, 48% dos idosos acreditam que possuem saúde, quando não sentem dores. Os sentimentos mais despertados foram sentimentos de felicidade e alegria em função da interação social. Os benefícios percebidos na saúde, para 56% estão associados a melhoria da saúde (controle/prevenção das doenças) e maior disposição no cotidiano. Deste modo, os grupos de idosos ativos possuem uma “experiência” diferenciada, pois são portadores de doenças cardiovasculares e não limitam suas vidas, por questões outras como: personalidade, apoio familiar, aceitação da sua condição do envelhecimento, conhecimento e motivação em se cuidar, além dos aspectos de exercícios (promoção de saúde, bem-estar, interação social com o grupo que se identificam).
Abstract: This qualitative case study aimed to discover the influence of hydrogymnastics on the perception of elderly (active) patients with cardiovascular disease (CVD), regarding feelings and understanding about "health". The sample was selected in a non-probalistic / intentional way, the number of 25 elderly, mean age of 70.04 ± 7.73 years, of both sexes, practicing water aerobics for 3.36 ± 1.26 years in the Project Extension 'My Best Age' (MMI). We analyzed the diagnostic data sheet of the project, for extraction of data: clinical, personal, life habits, diseases. We applied the Semi-Structured Interview, with the following questions about: health, feelings aroused, health benefits and quality of life, motivational factors responsible for adherence and adherence to hydrogymnastics. The responses were recorded, transcribed and interpreted by the researcher. In the result referring to the analysis of the Diagnostic Card of the individuals interviewed, we found that all patients had at least one cardiovascular disease, 100% of the sample presented arterial hypertension, although controlled by medication. In terms of life habits, we find health care and good life habits in all aspects analyzed, except in the habit referring to the use of alcoholic beverages. The results of the Semistructured Interview were: adhesion to water aerobics, in 56% of the interviewees it was due to the Medical Recommendation to the modality. The adherence to 64% of the interviewees, has to do with the maintenance of health and greater disposition in the day to day. The meaning of health for 60% of respondents would be to have quality of life. In the perception about their health, 48% of the elderly believe that they have health, when they do not feel pain. The most aroused feelings were feelings of happiness and joy as a function of social interaction. The benefits perceived in health, to 56% are associated with better health (control / prevention of diseases) and greater disposition in daily life. In this way, the active elderly groups have a different "experience", since they are carriers of cardiovascular diseases and do not limit their lives, for other reasons such as: personality, family support, acceptance of their condition of aging, knowledge and motivation to care , In addition to the exercise aspects (health promotion, well-being, social interaction with the group that identify themselves).
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4312
Other Identifiers: 2013008903
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Percepçãosaúdeidosos_2017_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo947.26 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.