Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4309
Title: A contação de histórias na Educação Infantil e sua relevância para formação do futuro leitor
Authors: Silva, Taíne Cristina Miranda Costa
Keywords: Contação de Histórias;Literatura infantil;Leitor;Storytelling;Reader;Children's literature
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Taine Cristina Miranda Costa. A contação de histórias na Educação Infantil e sua relevância para formação do futuro leitor. 2016. 26f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia a Distância), Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Macau, 2016.
Portuguese Abstract: A contação de histórias é uma prática muito antiga, usada por nossos ancestrais para transmissão de suas lendas, e vem sendo modificada ao longo dos tempos. A forma como fazemos o uso da contação de histórias hoje possibilita que nossas crianças possam desenvolver a sua imaginação assim como sentir-se estimulado ao habito pela leitura. O presente trabalho aborda o tema Contação de histórias na educação infantil e sua relevância para formação do futuro leitor e tem como objetivo analisar várias propostas teóricas que discutem a contação de histórias, os aspectos históricos da literatura infantil, os contos de fada e sua contribuição para o leitor em formação, o professor como mediador da leitura e abordaremos duas propostas de trabalho baseadas em Bettelheim (2002) e Graves e Graves (1994) mostrando como poderia ser reproduzida em sala de aula. Deste modo, este artigo foi desenvolvido através de uma pesquisa qualitativa, tendo a pesquisa bibliográfica como instrumentos de coleta de dados possibilitando uma revisão teórica, que para isso dialogará com Ariès (1981), Coelho (1991), Sandrone (2011), Bettelheim (1980), Graves e Graves (1994) entre outros. Com base nestes estudos, podemos dizer que a criança necessita de orientação e estímulo para que possa desenvolver o gosto pela leitura, mostrando a literatura infantil como grande aliada, auxiliando a aprendizagem do aluno para que ele possa desenvolver sua imaginação, confiança, criatividade, para que deste modo ele possa se tornar um leitor consciente e crítico
Abstract: The storytelling is a very old practice used by our ancestors to transmit their legends and has been modified over time. The way we use the storytelling today enables our children to develop their imagination as well as feel stimulated to the habit of reading. This present work deals with the theme of Storytelling in early childhood education and its relevance to the future reader training and aims to analyze some theoretical proposals that discuss the storytelling, the historical aspects of children's literature, fairy tales and their contribution to the reader in training and the teacher as mediator of reading. We will discuss two proposals based on Bettelheim (2002) and Graves and Graves (1994) showing how it could be reproduced in the classroom. Thus, this article was developed through a qualitative research and having the bibliographical research as data collection instrument enabling a theoretical revision which for it will dialogue with Ariès (1981), Coelho (1991), Sandrone (2011), Bettelheim (1980), Graves and Graves (1994) among others. Based on these studies, we can say that the child needs guidance and encouragement for him to develop a taste for reading, showing the children's literature as a great ally assisting the student learning in order to develop his imagination, confidence, creativity, so that in this way he can become a conscious and critical reader.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4309
Other Identifiers: 2012050671
Appears in Collections:Pedagogia (A distância)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AContaçãoDeHistóriasEducaçãoInfantil_Artigo_2016.pdf414,37 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons