Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4258
Title: Determinantes na escolha modal de estudantes de graduação em viagens para a UFRN
Authors: Lopes, Jade Cunha
Keywords: Modelo de escolha discreta;Escolha modal;Estudantes universitários;Políticas públicas
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LOPES, Jade Cunha. Determinantes na escolha modal de estudantes de graduação em viagens para a UFRN. 2017. 19 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Considerando a necessidade do desenvolvimento de planos de mobilidade coerentes com a Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU), o objetivo deste trabalho é identificar os fatores determinantes da escolha modal de alunos e alunas de graduação em viagens à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), de forma a embasar o direcionamento dessas políticas e consequentemente gerar uma priorização de investimentos. O procedimento é feito mediante aplicação de questionário e posterior tratamento dos dados com modelos probabilísticos de escolha discreta, nesse caso o Binomial Logit, utilizando o Software BIOGEME. O modelo com melhor aproximação para a função de utilidade do transporte público e do automóvel (meios de transporte modelados) considera apenas como variável independente o “tempo de viagem” e, apesar de previsões próximas às encontradas na realidade, apresenta ajuste apenas razoável. Os resultados demonstram a falha da racionalidade dos modelos de função de utilidade em prever acuradamente o comportamento dos indivíduos, pois não contempla fatores subjetivos. Além disso, os dados obtidos evidenciam a complexidade da estimação do custo de viagem e o equívoco com que os estudantes estimam os gastos com viagens em automóvel tão somente considerando custos de combustível. Por fim, é possível afirmar que a utilização de modelo racional-probabilístico, nesse caso, é ineficiente e sugere-se a adoção de modelos diferentes para uma maior aproximação aos resultados observáveis na população.
Abstract: Considering the need of developing mobility plans coherent with the Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU), this article aims to identify the modal choice determinant factors of undergraduate students to Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), in order to base the targeting of these plans and therefore prioritize investments. The procedure is done by applying a questionnaire and subsequent data treatment with discrete choice probabilistic models, in this case the Binomial logit model, using BIOGEME software. The model with best approximation for car and public transport (the only ones modeled) utility function consider as independent factor only “travel time” and, although the prediction founded was close to reality, presents and adjust of only 40%. The results demonstrate the failure of utility function models rationality in accurately predict individual behaviors, because it does not contemplate subjective factors. Furthermore, the results evidence the travel cost estimation complexity and the misconception with which the undergraduate students spend on gas. Finally, one can affirm that the use of probabilistic models in this case is inefficient and it is suggested future use of different models aiming a better population fit, as well as the use of cost simulation so a better choice balance can be found.
Determinants in the modal choice of undergraduate students in trips to UFRN
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4258
Other Identifiers: 2012937490
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
determinantes-na-escolha-Lopes-Artigo.pdfTCC - 2017.1367.38 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons