Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4243
Title: Avaliação da influência de fatores nutricionais na frequência de biomarcadores de dano no DNA em gestantes e seus recém-nascidos
Other Titles: Evaluation of the influence of nutritional factors on the frequency of DNA damage biomarkers in pregnant women and their newborns
Authors: Araújo, Anny Cristine
Keywords: Gestantes;Obesidade;Dieta hipercalórica;Dieta hiperproteica;Micronúcleo
Issue Date: 14-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Anny Cristine de. Avaliação da influência de fatores nutricionais sob a frequência de biomarcadores de dano no DNA em gestantes e seus recém-nascidos. 2017. 45f. Artigo Científico (Graduação em Nutrição) – Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Santa Cruz, 2017.
Portuguese Abstract: O estado nutricional inadequado na gestação pode oferecer riscos à saúde materno-infantil, desencadeando respostas que influenciam nos níveis de danos no DNA. O objetivo do trabalho foi de avaliar se o EN antropométrico, o consumo energético e de macronutrientes influenciam na frequência de biomarcadores de danos no DNA e de morte celular em gestantes e nos seus recém-nascidos (RN). Foi utilizado um questionário para coletar dados nutriocionais da gestante e a abordagem citoma do teste de micronúcleo (MN) em células da mucosa oral (BMCyt) das gestantes e de seus RN, para avaliar as alterações genéticas. Os resultados demonstraram que 25% das gestantes obesas e 10.6% abaixo do peso; 68.9% apresentaram consumo energético < 90% das suas necessidades energéticas (NE); 76,5% consumiam dieta hiperproteica. Gestantes com baixo peso e obesas apresentaram maior frequência de MN comparadas às com peso adequado. Gestantes com consumo energético < 90% e > 110% das suas NE apresentaram maior frequência de MN comparadas às com consumo energético adequado. Gestantes com dieta hiperproteica apresentaram maior frequência de MN comparadas às com dieta normoproteica. Para marcadores de morte celular, não houve diferença significativa. Os resultados para RN são inconclusivos, pois suas análise não foi completada. Este estudo demonstrou que há uma associação entre inadequações nutricionais e a frequência de MN nas gestantes, alertando sobre a necessidade de ações de educação alimentar. Mais estudos são necessários para compreender como os fatores nutricionais interferem na frequência de danos no DNA da gestante e de seus RN.
Abstract: Inadequate nutritional status in pregnancy may pose risks to maternal and child health. Energy consumption and insufficient nutrients can affect MS and trigger responses that influence levels of DNA damage. The study evaluated the anthropometric, energy consumption and macronutrient abnormalities and their influence on the biomarkers frequency of DNA damage in pregnant women and their newborns (RN). We used a questionnaire to collect anthropometric data from energy consumption and performed a cytometic approach of the micronucleus test in oral mucosal cells (BMCyt) to evaluate biomarkers frequency. 25% of the interviewees were obese and 10.6% underweight. 68.9% of pregnant women presented energy consumption <90% of their energy needs (NE). 76.5% consumed hyperprotein diet. Pregnant women with low weight and obese presented a higher frequency of Micronucleus (MN) compared to pregnant women of adequate weight. Pregnant women with Energy consumption < 90% and > 110% of their NE had a higher frequency of MN compared to those with adequate consumption. Pregnant women with hyperprotein diet (15 to 20% of the total caloric value of the diet) had a higher frequency of MN compared to those with a normoprotein diet. The results of the genetic analysis for the newborns are still inconclusive, but suggest that there is a relation. Although this study points out a relationship between nutritional deficiencies and the frequency of MN in pregnant women, more studies are needed to better understand how nutritional factors can interact and interfere with the frequency of DNA damage in pregnant women and their newborns.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4243
Other Identifiers: 2013025539
metadata.dc.description.embargo: 2020-06-30
Appears in Collections:FACISA - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliação da influência de fatores nutricionais na frequência de biomarcadores de dano no DNA em gestantes e seus recém-nascidos.pdf
Restricted Access Until 2020-06-29
Artigo principal591.06 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.