Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4235
Título: Avaliação de modelos para o sistema de contraventamento de edifícios de alvenaria estrutural
Autor(es): Souza, Adryano José Mafaldo de Souza
Palavras-chave: Alvenaria estrutural; modelagens simplificada e computacional; painéis de contraventamento.
Data do documento: 2017
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: SOUZA, A. J. M. Avaliação de modelos para o sistema de contraventamento de edifícios de alvenaria estrutural. Trabalho de Conclusão de Curso. Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal/RN, 2017. 50p.
Resumo: Os modelos de cálculo para o desenvolvimento de projetos de edifícios de alvenaria apresentaram grandes avanços nos últimos anos. Sobre esse aspecto, cita-se a modelagem dos painéis de contraventamento do edifício que pode se fundamentar na discretização das paredes com pórticos equivalentes (incluindo ou não lintéis), com elementos finitos de casca ou com modelo simplificado de barras isoladas. Apesar disso, ainda é possível desenvolver metodologias que contemplem ajustes nos modelos empregados atualmente. Aspectos como a definição do comprimento de flanges, a consideração sistemática das deformações por cisalhamento e as alterações de rigidez devido ao grauteamento vertical das paredes, podem ser aperfeiçoados nessas modelagens. Nesse contexto, o estudo aqui apresentado se refere aos três aspectos citados anteriormente, no qual foram realizadas inicialmente modelagens em análise linear de painéis isolados com o intuito de verificar de forma simplificada a contribuição das flanges na rigidez do painel. Numa segunda etapa foram avaliados minuciosamente os efeitos da consideração das deformações por cisalhamento ao longo da altura do edifício, e o efeito do grauteamento vertical das paredes na distribuição de rigidez dos painéis de contraventamento. Essas análises se tornam mais importantes para o caso de edifícios altos, de modo que os exemplos explorados consistiram de edifícios com mais de 12 pavimentos para duas tipologias de planta baixa comumente empregadas na prática de projeto de edifícios de alvenaria estrutural. Os resultados obtidos, ainda preliminares, apontam para a necessidade de aperfeiçoamento desses modelos, pois foram verificadas diferenças expressivas nas intensidades dos esforços internos atuantes nos painéis de contraventamento dos edifícios avaliados.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4235
Outros identificadores: 2012937131
Aparece nas coleções:Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
avaliaçao - modelo - contraventamento - Souza - Monografia.pdfTCC-2017.13,21 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.