Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4187
Title: A obesidade em "A Solução" (de Lispector): sentimentos, ações e reações
Authors: Oliveira, Jessica Tarquino Costa de
Keywords: obesidade; literatura; complexidade.
Issue Date: 12-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Jessica Tarquino Costa. A obesidade "em solução" (de Lispector): Sentimentos, ações e reações. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) – Curso de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este trabalho teve como objetivo compreender através de algumas categorias amplas e complexas a obesidade a partir do conto “A solução” de Clarice Lispector. A obesidade é percebida pela ciência não apenas como uma desordem singular, mas sim como um grupo heterogêneo de condições com múltiplas causas. A literatura permite uma visão multidimensional sobre determinado objeto de estudo, pois em caráter holístico e interdisciplinar. A comida, assim como a respiração e o sono, faz parte das necessidades básicas, mas também é expressão dos desejos humanos. Apesar de reconhecermos a questão do prazer na alimentação, pelo caráter racionalista da Nutrição, esta disciplina geralmente percebe os alimentos como meros nutrientes e as pessoas que os ingerem como máquinas destituídas de emoções e imunes a influências sociais e culturais. Assim, optei por realizar análise temática de A solução de Clarice Lispector, uma metodologia que consiste na redução gradual de uma série de paráfrases, resultando em três categorias de análise: a lipofobia que através da cultura lipofóbica impõe uma preocupação excessiva com a aparência, em que são impostas regras tirânicas de beleza para as pessoas, de modo que quem não se pareça o mínimo possível com esses padrões de beleza acaba sentindo-se fora dos padrões ou sofrendo agressões, físicas ou psicológicas, incluindo olhares de reprovação, insultos e até mesmo ódio explícito aos gordos; a afetividade onde o ato de comer, muitas vezes, pode estar ligado a um meio de alívio dos nossos sentimentos negativos como a raiva ou frustração; e o comportamento voraz e o prazer onde o prazer de comer é um dos prazeres que tem se revelado como um dos mais valorizados na época contemporânea pelo ser humano, para lidar com o mal estar da existência. A partir da discussão destes elementos almejei contribuir com uma discussão mais ampla e complexa para compreender um pouco sobre esse outro lado da obesidade.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4187
Other Identifiers: 2011035590
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Obesidadesoluçãolispector_2017_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo503.91 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.