Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4179
Title: Uso racional da água em uma edificação na zona rural de Pernambuco
Authors: Dantas, Ceres Virginia da Costa
Keywords: água de chuva, cisterna, custos, reúso, águas cinzas, meio ambiente
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DANTAS, Ceres Virginia da Costa. Uso racional da água em uma edificação na zona rural de Pernambuco. 2017. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil), Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A água foi, por muito tempo, considerada como um recurso inesgotável e, talvez por isso, mal gerido. Por outro lado, cresce a consciência em torno da importância do uso racional, da necessidade de controle de perdas e desperdícios e do reúso da água, incluindo a utilização de esgotos sanitários tratados. As águas pluviais podem ser utilizadas como uma alternativa para o abastecimento descentralizado, especialmente em localidades rurais (COHIM e KIPERSTOK, 2008); proporciona a preservação dos mananciais tradicionais, especialmente os poços, bem como pode reduzir custos. Aliado a isso, o reúso de águas cinzas geradas na edificação também é uma alternativa promissora para fins pouco nobres, como a irrigação de determinadas culturas. O estudo foi realizado no Centro de Estudos Budistas Bodhisatva (CEBB) Darmata, que tem, dentre seus objetivos, a preservação dos recursos naturais e convivência em harmonia com o meio ambiente. Tivemos como objetivo avaliar o potencial de economia de água em uma edificação a partir do uso de águas pluviais para diversos fins, inclusive potáveis, e o tratamento e reúso de águas cinzas na irrigação. Foi elaborado o projeto legal com base nas normas brasileiras vigentes. O investimento para a implantação da infraestrutura foi calculado utilizando o SINAPI como base de referência, totalizando um valor de R$ 17919,41. Em termos financeiros, de uma maneira geral, o custo de implantação dos sistemas pode ser considerado elevado, porém em termos de serviços ambientais, são 258 m³ de água do poço que deixam de ser utilizados por ano. Dessa forma, a implantação dos sistemas de uso racional da água no CEBB Darmata se mostra favorável, apesar dos custos relativamente altos, resulta em redução dos impactos ambientais gerados pelo empreendimento e preservação das águas subterrâneas.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4179
Other Identifiers: 2012966590
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
uso-racional-agua-Dantas-Artigo.pdfTCC - 2017.1683.29 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons