Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4173
Title: Caracterização bioativa de resíduos de frutas tropicais
Authors: Araújo, Ingrid Maria Cardoso de
Keywords: Acerola;Goiaba;Caju;Frutas tropicais;atividade antioxidante;compostos fenólicos;resíduos de frutas
Issue Date: 9-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Ingrid Maria Cardoso de. Caracterização bioativa de resíduos de frutas tropicais. 2017. 45f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) – Curso de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A produção de resíduos no Brasil pelas indústrias de polpas é considerada muito alta, causando um impacto ambiental negativo. Assim, muitos estudos têm buscado investigar e caracterizar o valor nutricional destes resíduos, com a finalidade de agregar-lhes valor e sugerir novas e variadas formas de utilização. O presente trabalho realizou a caracterização bioativa com a determinação de compostos antioxidantes e atividade antibacteriana dos resíduos liofilizados de polpas de frutas tropicais: acerola (Malpighia glabra L.), caju (Anacardium occidentale, L.) e goiaba (Psidium guayaba L.), encontrando os seguintes valores: 2013,9 ± 161,5; 593,5 ± 19,52 e 856,3 ± 25,35 mgEQAG/ 100g para compostos fenólicos totais; 870,43 ± 51,13; 210,55 ± 15,28 e 234,66 ± 18,75 mgECAT/ 100g ms para flavonoides totais; 282,45 ± 22,11; 12,23 ± 0,88 e 21,53 ± 1,10 mgEqC3G/ 100g ms para antocianinas monoméricas e 32,11 ± 0,04; 31,78 ± 0,87 e 30,85 ± 1,16 mmol g-1 de atividade antioxidante, respectivamente. Os resultados encontrados mostraram que os resíduos analisados apresentaram alta presença de compostos fenólicos bem como flavonoides e antocianinas monoméricas, além de atividade antioxidante, porém não apresentaram atividade antibacteriana. Portanto, conclui-se que os resíduos liofilizados de frutas analisados neste estudo são fontes potenciais de compostos bioativos tais como flavonoides, fenólicos e antocianinas monoméricas, destacando-se o resíduo de acerola como mais rico em compostos antioxidantes.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4173
Other Identifiers: 2012955274
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Caracterizaçãobioativaresíduos_2017_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo788.04 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.