Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4166
Title: A mulher negra quilombola revelada em fotografias: gênero, identidade e cultura sob o olhar dos adolescentes da comunidade Negros do Riacho - RN
Authors: Dantas, Ana Ionara
Keywords: Comunidade Quilombola;Gênero;Fotografia;Cultura;Identidade
Issue Date: 14-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DANTAS, Ana Ionara. A mulher negra quilombola revelada em fotografias: gênero, identidade e cultura sob o olhar dos adolescentes da comunidade Negros do Riacho – RN. 2017. 79f. Monografia (Graduação em Pedagogia), Departamento de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2017.
Portuguese Abstract: O presente trabalho objetiva investigar quais são os papeis das mulheres negras quilombolas moradoras da comunidade Negros do Riacho retratados em fotografias sob o olhar de adolescentes e como esses papeis estruturam a formação identitária e cultural dos jovens ou das novas gerações. O interesse pela pesquisa surgiu através da participação no programa de extensão “Pró-quilombola: Negros do Riacho, comunidade e universidade juntos” - (2016/2017), promovido pela UFRN/CERES/Caicó e também pela Escola Multicampi de Ciências Médicas da UFRN/campus de Caicó, sendo desenvolvido na referida comunidade quilombola localizada no interior do estado do RN. Portanto, se caracteriza como uma pesquisa qualitativa como procedimento metodológico de pesquisa-ação, na qual foram realizadas observações in lócus, e dados registrados em diário de campo. Além das fotografias como fontes primárias feitas pelos adolescentes quilombolas, nas quais fizemos as análises e leitura dessas baseando-se nos conceitos de identidade e cultura estruturantes deste trabalho argumentados por Laraia (1986), Williams (1992), Hall (2014) e Gomes (2003), em que eles apontam que a identidade não é inata, mas sim um processo histórico, social, acumulativo e adaptativo. Além disso, utilizamos ideias de autores como Munanga (1995/96), Reis (1995/96) e Gomes (1996/2006) tratando acerca dos assuntos relacionados aos quilombos no Brasil. Carneiro (2003, 2011), Tokita (2013) e Nunes (2009) sobre as diferenças e desigualdades entre gênero masculino e feminino, também ao Movimento Feminista e sobretudo ao Feminismo Negro, que traz uma discussão sobre raça, gênero e classe social, para que assim pudéssemos compreender a posição ocupada pela mulher negra quilombola. Entre outros, Santaella (2012), sobre a importância da leitura de imagens. A partir das análises das fotografias de acordo com os conceitos estruturantes do trabalho, podemos afirmar que na comunidade quilombola Negros do Riacho ainda existe uma cultura identitária patriarcal, em que os sujeitos justificam as posições ocupadas por cada gênero de acordo com a concepção biológica, havendo assim uma reprodução e imitação desses padrões pelas gerações mais novas.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4166
Other Identifiers: 2013029233
Appears in Collections:CERES - Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A mulher Negra Quilombola_Monografia_Dantas.pdfMonografia2,43 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.