Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4158
Title: Solubilidade de sais de carbonatos em misturas aquosas contendo monoetilenoglicol na presença de dióxido de carbono
Authors: Maniçoba, Naíra Sinara de Almeida
Keywords: Monoetilenoglicol;Incrustação;Carbonatos;Solubilidade;Indústria de petróleo
Issue Date: 9-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MANIÇOBA, Naíra Sinara de Almeida. Solubilidade de sais de carbonatos em misturas aquosas contendo monoetilenoglicol na presença de dióxido de carbono. 2017.60f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química), Departamento de Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Durante o processo de exploração e produção de petróleo e gás, a formação de hidratos de gás pode causar a interrupção do fluxo nas tubulações, comprometendo a segurança e, sobretudo, a produtividade da operação. Por este motivo, inibidores termodinâmicos de formação de hidratos, como o monoetilenoglicol (MEG), são adicionados ao sistema com o intuito de garantir a viabilidade econômica e operacional do processo. Contudo, quando em contato com íons presentes na água de formação, o MEG pode levar a diminuição da solubilidade de sais e contribuir para o acúmulo de incrustações nas tubulações. Tal processo pode, eventualmente, ocasionar bloqueio de linhas e, consequente, parada da unidade. As perdas atreladas a incidência de incrustações alcançam, em escala global, bilhões dólares ao ano na indústria petrolífera e, dessa forma, o estudo a respeito das condições favoráveis a precipitação e tecnologia de inibição a formação destes depósitos são highlights na produção de petróleo e gás. Além disso, dados de solubilidade de sais são de fundamental importância na contribuição para otimização do projeto e operação das plantas de recuperação e regeneração de MEG, cujo processo envolve etapa de remoção de sais. Este trabalho tem como objetivo estudar as condições da precipitação a partir de sistemas aquosos contendo MEG e sais de carbonatos de estrôncio (SrCO3) e de ferro (FeCO3), na presença ou ausência de dióxido de carbono, avaliando dados de solubilidade. A metodologia utilizada consiste na aplicação de método estático analítico para determinação de dados de solubilidade, em sistemas contendo concentrações de MEG variando dentro do intervalo de 0% a 100%. As pressões parciais de CO2 de operação vão desde 760 mmHg até 1520 mmHg para o carbonato de estrôncio e desde 760 mmHg até 1210 mmHg para o carbonato de ferro. O comportamento identificado a partir da análise dos dados de solubilidade mostra que o aumento da concentração de MEG provoca uma diminuição da solubilidade dos sais no sistema. O aumento da pressão parcial de CO2, por sua vez, influencia diretamente no sentido de promover redução do pH do meio, assim como maior dissolução de CO2 em solução, provocando um aumento na solubilidade dos sais, ou seja, diminuindo a quantidade de precipitado no sistema. Modelos matemáticos como a correlação empírica de Setchenov e o logaritmo de excesso da solubilidade foram aplicados aos dados experimentais, com o propósito de explicar o comportamento observado. Tais correlações apresentaram representatividade satisfatória, com baixa dispersão entre os dados calculados e experimentais.
Abstract: Throughout the exploitation and production process of oil and gas, gas hydrate formation can cause flow interruption of pipelines, compromising the safety and especially the operational productivity. This is the reason why thermodynamic inhibitors of gas hydrates formation, such as monoethyleneglycol (MEG), are injected into the system in order to guarantee process’ operational and economic viability. However, the association between MEG and formation water’s ions can result in the reduction of salt solubility, increasing the precipitation potential and contribute to the deposit scale deposit in oil pipelines. Eventually, this process may cause blockage of oil pipelines and result in the unit’s shut down as an outcome. The cost related to scale incidence can reach, in global scale, billions of dollars per year in the oil industry, therefore, research concerning to propitious conditions of precipitation, in addition to avoidance techniques of deposit formation are highlights in the oil production. Moreover, salt solubility data shown in this paper has fundamental importance in the contribution to optimize projects and operational procedure of MEG reclamation and regeneration units, which includes salt removal stage. The aim of this work has been to study the salt precipitation conditions based on monoethyleneglycol combined with strontium carbonate (SrCO3) and iron carbonate (FeCO3) aqueous systems, in the presence or absence of carbon dioxide (CO2), evaluating solubility. The methodology used consists in the application of the analytical static method to determination of solubility data in aqueous solutions, with variable concentration of MEG, within the interval from 0% to 100%, as well as under partial pressure of CO2, operating from 760 mmHg to 1520 mmHg (strontium carbonate system) or from 760 mmHg to 1210 mmHg (iron carbonate system). The behavior identified, based on salt solubility data analysis, demonstrates that the increase in MEG concentration contributes to a reduction in salt solubility in the system. Furthermore, it has been noticed that raising the partial pressure of CO2 promotes a reduction of solution’s pH level as well as increase CO2 dissolved in solution, leading to an increase in salt solubility and, consequently, reduction in the amount of precipitate in the system. Mathematic models such as Setchenov empirical correlation and logarithm of excess solubility’s approach were applied to experimental data with the purpose of explain the behavior observed. The correlations used demonstrated to be satisfactory with low dispersion between calculated and experimental data.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4158
Other Identifiers: 2012941036
Appears in Collections:Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Solubilidadedesais_Monografia.pdf1.23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.