Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4128
Title: Análise e discussão sobre a possível criação de uma Unidade de Conservação na Bacia do Rio Doce
Authors: Marrafa, Vinícius de Oliveira
Keywords: Uso e ocupação do solo;Lagoa de Extremoz;Qualidade da água;Geoprocessamento;Área de Proteção Ambiental
Issue Date: 12-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MARRAFA, Vinícius de Oliveira. Análise e Discussão sobre a Possível Criação de uma Unidade de Conservação na Bacia do Rio Doce. 2017. 55 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia Ambiental, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O crescimento progressivo da população juntamente com os adensamentos urbanos vem provocando constante pressão sobre os ambientes naturais. A lagoa de Extremoz localizada na bacia do Rio Doce é um exemplo deste ambiente natural que fica localizada próximo a grandes áreas urbanas, mais especificamente as cidades de Natal, Extremoz e Ceará Mirim, e que vem sofrendo constante pressão antrópica.Com isso esse trabalho busca analisar e discutir a possível criação de uma Unidade de Conservação (UC) na bacia do Rio Doce, principalmente para a proteção de seus recursos hídricos, por meio de uma revisão bibliográfica e pelo processamento de imagens de satélite utilizando-se o Quantum GIS (QGIS). Analisou-se então o uso e cobertura do solo, a qualidade da água, a qualidade do solo e a disponibilidade hídrica. O mapeamento de uso e cobertura do solo evidenciou uma grande expansão urbana entre 1977 e 2017, contabilizando 81,6% de aumento só entre 2001 e 2017, além de evidenciar atividades antrópicas dentro da área de proteção permanente estabelecida por lei. A qualidade da água apresentou indícios de contaminação já em 2004, devido aos altos valores de nitrogênio amoniacal e de coliformes, o que pode estar sendo agravado ao longo do tempo. No estudo de qualidade do solo, percebe-se que todos os usos do solo diminuem a sua qualidade em diferentes aspectos, de modo que a ação antrópica na região ribeirinha pode estar contribuindo como fonte poluidora difusa da água. Por fim, a falta de água ocorrida no primeiro semestre de 2017 mostra que a disponibilidade hídrica pode sim ser um problema. Desse modo fica claro a necessidade de uma boa proteção e gestão deste recurso, alicerçando a ideia de implantação de uma UC.
Abstract: The progressive growth of the population with the urban densification has been causing constant pressure on the natural environments. The Extremoz lagoon located in the Rio Doce basin is an example of this natural environment that is located near large urban areas, specifically the cities of Natal, Extremoz and Ceará Mirim, and which have been suffering constant anthropic pressure. This work seeks to analyze and discuss the possible creation of a Conservation Unit (CU) in the Rio Doce basin, mainly for the protection of its water resources, through a bibliographical review and satellite image processing using the Quantum GIS (QGIS). So, soil use and cover, water quality, soil quality and water availability were analyzed. The mapping of land use and land cover showed a great urban expansion between 1977 and 2017, accounting for 81.6% increase only between 2001 and 2017, in addition showed anthropic activities within the area of permanent protection defined by law. The quality of the water showed signs of contamination in 2004, due to the high values of ammoniacal nitrogen and coliforms, which may be worsening over time. In the study of soil quality, it is noticed that all uses of the soil diminish their quality in different aspects, so that the anthropic action in the riverside region may be contributing as diffuse polluting source of the water. Finally, the lack of water occurred in the first half of 2017 shows that water availability can indeed be a problem. In this way it is clear the need for a good protection and management of this resource, grounding the idea of implementing a CU.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4128
Other Identifiers: 20150146625
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Análise e Discussão_Monografia.pdfTCC-2017.12,29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.